Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 31.05.10

UM “D” DEMONÍACO

UM “D” DEMONÍACO

“Com a letra ‘D” você escreve lindos nomes como Deus, deusa, delícia, desejos, mas também poderá formar nomes intragáveis como: demônio, destruição, dilúvios. Na política uma figura controvertida teve no passado uma vida ligada ao comunismo desencadeando dentro do país verdadeiras diabruras, infâmias e destruições. Hoje quer esconder a face e se passar por perseguida pelos militares durante o período da revolução que começou em 1964. Ressalte-se que com a mesma letra você escreve “Deus”, e também escreve “Diabo”. Esse diabo em figura de gente é a futura candidata a presidência da República federativa brasileira. Sua biografia é recheada de atos terroristas e o pior cego é aquele que não quer ver. O presidente da república Luis Inácio Lula da Silva com seu governo assistencialista oferece aos pobres míseras bolsas no intuito de angariar a simpatia popular e imantar votos para sua candidata predileta. Senhor presidente não dê peixe ao homem, mas ensine-o a pescar.

Onde estão os milhões de empregos que Vossa Excelência prometeu aos trabalhadores brasileiros? Várias ações perniciosas recrudesceram em seu governo: corrupção desenfreada com direito a dinheiro em cuecas e meias, aos mensalões, as licitações viciadas, as inúmeras viagens infrutíferas feitas ao exterior tinha um viés só, a promoção individual. Enganar pobres e neófitos em políticas públicas são os mesmos procedimentos de bater na moleira de uma criança ou de um recém-nascido, mas tentar ludibriar pessoas com o quociente intelectual nato é humanamente impossível. Todos sabem que Lula pretende eleger sua candidata para continuar mandando ou interferindo nos destino da nação brasileira.

Isso não irá acontecer. Pode tirar seu cavalinho da chuva se não ele perecerá de frio ou gripe equina. “Os bastidores da operação de lançamento oficial da candidata do PT (Partido dos Trabalhadores), que estreia nas telas de todo o Brasil no mês de maio de 2010. O marqueteiro João Santana guarda a sete chaves o programa do PT na televisão e será a arrancada de Dilma a presidência da república. Dilma quer abandonar de vez a imagem de tecnocrata. Tecnocrata é o político partidário da tecnocracia que por sua vez exerce função político administrador ou funcionário que procura soluções meramente técnicas e/ou racionais, desprezando os aspectos humanos e sociais dos problemas. No dia 13 de maio dia da Abolição da escravatura, ela afirma que inaugurou um novo tempo na campanha à sucessão do presidente Lula.

O filme será voltado para o público jovem e para as mulheres, segmentos do eleitorado que continuam refratários à candidata do Partido dos Trabalhadores (PT). Vamos relatar e já fizemos isso antes em várias matérias uma história de militância de Dilma Rousseff. Nos próximos meses, o País vai conhecer em detalhes a biografia da favorita de Lula, desde 1948 até 2005 e nos dias atuais. “Pela a vida afora a filha de um advogado búlgaro, Dilma passou a infância em Belo Horizonte, jovem, entrou para a luta armada. “Na democracia, foi secretária do governo gaúcho e depois se tornou ministra de Lula”. Dilma não divulgou as gravações do programa em sua agenda oficial para não dar munição aos adversários.

Dilma Rousseff Linhares (“‘Estela”, “Luíza”, “Patrícia” e “Wanda”). Em 1967, era militante da Política Operária (POLOP), em Minas Gerais, junto com seu marido, Claúdio Galeno de Magalhães Linhares (conhecido como “Aurélio”, “Lobato!). Saiu da POLOP e, também com seu marido, ingressou no Comando da Libertação Nacional (COLINA), tendo sido eleita em abril de 1969, quando atuava na então Guanabara , membro do seu Comando Nacional. Acompanhou a fusão entre COLINA e a Vanguarda Popular Revolucionária, que deu origem a Vanguarda Armada revolucionária Palmares (VAR_P). Em setembro de 1969, participou como convidada – só com direito a voz – do I Congresso da VAR-, realizado numa casa em Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro. Nessa Ocasião, Darcy Rodrigues, um sargento do Exército tentou agredi-la, sob a ameaça de Dilma não mais poder partilhar das ações armadas. Na ocasião, recebeu a proteção de Carlos Franklin Paixão de Araújo, e com ela foi viver no Rio Grande do Sul e, logo depois em São Paulo, onde foi presa em 16 de janeiro de 1970.

Foi secretária de Estado de Minas, Energia e Comunicações do Governo do Rio Grande do sul, atualmente é Ministra das Minas e Energia, depois passando para a Casa Civil. “Alguns fatos marcantes do grupo de Dilma no ano de 1968;” intensificação do movimento estudantil, levando à morte em conflito com a Polícia, o estudante Edson Luis, durante o movimento organizado pela associação Metropolitana dos estudantes secundaristas (AMES), manipulados pelo Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). “Jornadas de junho” –(movimento estudantil) com passeatas, depredações, queima de veículos; - organizadas pela União Metropolitana de estudantes Secundaristas (UMES) – manipulados pela Dissidência Comunista da Guanabara-DI-GB; Explosões de bombas, saques e viaturas incendiadas de norte a sul do País, por organizações diversas.

Assalto ao Hospital Militar do Cambuci para o roubo de armas-Vanguarda Popular Revolucionária-VPR. Atentado a bomba no Consulado Americano em São Paulo - Vanguarda Popular revolucionária –VPR. Atentado a bomba ao Quartel General (QG) do II Exército, com a morte do soldado Mário Kozel filho; Vanguarda Popular Revolucionária_- VPR e Resistência Democrática (REDE). “Justiçamento” do capitão do exército dos EUA (Estados Unidos da América) Charles Chandler – VPR e ALN (Aliança Libertadora Nacional). “(Justiçamento” (Punir com a morte ou com suplício; supliciar) do major do exército alemão, Edward Ernest Tito Otto Maximilian Von Westernhagen – Comando de Libertação Nacional-COLINA). Atos de sabotagem em trens e fábricas de armas; por várias organizações; e assalto ao trem pagador na ferrovia Santos-Jundiaí, com a participação de Aloysio Nunes Ferreira, secretário-geral da Presidência da República e depois ministro da Justiça no Governo de Fernando Henrique Cardoso. Ação Libertadora Nacional (ALN)”. Vem à escalada da violência com outros detalhes impressionantes de terrorismo que o ministro Paulo Vanuchi sabe muito bem e se faz de bobo para melhor passar e ainda quer aprovar o famigerado PNDH-3, e o mais hilariante é que alas da OAB (ordem dos Advogados do Brasil) são a favor.

São muitos fatos que dariam para fazer uma enciclopédia do terror. Francisco Dornelles, depois de almoçar com Dilma em Brasília pôs na mesa uma sobremesa indigesta; o partido manterá a neutralidade até a convenção. Essa é a candidata que o povo brasileiro quer eleger para dirigir os destinos da nação? Cuidado! A ex-ministra teve que mudar. Fez uma mudança reservada, agora teve de mudar a maneira de ser. Mostra intimidade com José Serra e perdeu a privacidade nas manhãs de Brasília. Chegou a beijar José Serra na boca, conforme foto estampada na revista “Isto É”. “Nós Fizemos e sabemos como continuar a fazer”. A candidata Dilma Rousseff fala sobre o que considera a diferença básica entre sua proposta de governo e a da oposição. Será? “tem gente que passou uma vida inteira querendo ser presidente da república. Eu era mais modesta”

“Sou católica, mas antes de tudo cristã. Tive minha formação no Sion”. – palavras de Dilma a Revista “Isto é”. “Lula é uma pessoa extremamente afetiva. Ele não te olha como se fosse um instrumento dele”. “Eu quero Neymar e o Ganso na seleção. Eles trouxeram alegria de volta para o futebol”. Dançou feio Dilma. Fala com o “Dunga” talvez ele mude de opinião. “Depois que minha filha nasceu, tive uma gravidez tubária. Eu não podia mais ter filho, não sou uma pessoa carente propriamente dita. Tive uma vida afetiva muito boa, muito rica.”. Aqui enceramos nossa matéria e contamos com a ajuda de dois mementos importantes e que guardo como todo amor do mundo, “Ontem e Hoje” do Grupo Guararapes e “Memorial de 1964 a 1973- Terrorismo Nunca Mais”. Crê em Deus,e tudo te será melhor. Quando acreditas em Deus, teu sono é mais tranquilo. Pense Nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA AOUVIRCE- DA UBT E DA AVESP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 19:57


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031