Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Quarta-feira, 15.08.12

ESTELIONATO E JULGAMENTO POLÍTICOS


ESTELIONATO E JULGAMENTO POLÍTICOS



“Observe se você não está se excedendo no ritmo de vida. Nos nossos dias, é muito natural à pressa diária no atendimento de medidas ou resolução de problemas que não podem esperar par depois. No entanto, evite o excesso. Ele pode ser a sobrecarga que o seu sistema nervoso não tem condições de suportar. Pense nisso!”



A frase acima enunciada tem uma sinonímia bastante forte, bem como desabonadora de conduta para quem as pratica. Refere-se à fraude de quem cede, vende ou hipoteca uma coisa, ocultando que esta já estava cedida, vendida ou hipotecada a outrem. Não deixa de ser um crime como os demais, pois a enganação e a maldade estão intrinsecamente ligadas para fortalecer o egoísmo do ser humano que convive com o estelionato. Esses tipos de crimes já são banais aqui no Brasil, mas, porém, todavia, contudo os envolvidos procuram se safar contratando advogados de renomes, para provar o improvável. Quem pratica o estelionato é alcunhado de estelionatário. Estelionato no Congresso Nacional pode crer. Polícia Legislativa investiga quadrilha de golpistas que se passam por assessores e parentes para arrancar passagens aéreas e até dinheiro dos parlamentares.



Investigações preliminares indicam que, no mês de julho/2012, ao menos seis deputados fizeram transferências bancárias para contas de golpistas. Não existe um número certo de vítimas, entretanto, o golpe vinha sendo aplicado sem constrangimento. É de se estranhar como uma organização criminosa consegue se instalar no Congresso Nacional? Ou o Congresso é inseguro ou existe facilidade para os criminosos agirem livremente. Vários parlamentares foram iludidos e a assessoria desses deputados engoliram tudo sem se engasgar. Todo crime bem sucedido tem a anuência de alguém, para que a facilidade seja o ponto alto da ação dos estelionatários. A vice-presidente da Câmara, Rose de Freitas, mandou ofício alertando sobre os golpes. Os deputados Renan Filho e Devanir Ribeiro escaparam da cilada.  É minha gente tem cobra engolindo cobra no parlamento brasileiro. Já no julgamento do século, depois de sete anos, o Supremo Tribunal Federal (STF) inicia o julgamento dos 38 réus do mensalão. Como a tendência é pela punição, o clima entre acusados é de salve-se quem puder. Os advogados dos acusados afirmam veementemente que seus constituintes ou clientes como queiram são inocentes e, tudo que ocorreu na duração do mensalão no máximo foi um caixa dois. Seria de bom alvitre que no caso dos acusados serem absolvidos, que todos fossem canonizados e tornados santos, nem que sejam santos do pau oco. A palavra mistificar significa abusar da credulidade de alguém, burlar, embair, enganar, lograr, ludibriar.



Porém os advogados dos réus querem fazer o contrário, desmistificar os que afanaram o dinheiro público e torná-los inocentes perante a sociedade brasileira. Se os mensaleiros não forem punidos e obrigados a devolver toda riqueza afanada, o Brasil pode fechar as portas, visto que a imunidade e a impunidade é muito mais forte que a decisão da Suprema Corte. Os 38 réus do maldito mensalão: Delúbio Soares, Anderson Araújo, Antônio Lamas, Anita Leocádia Pereira da Costa, Ayanna Tenório, Breno Fischberg, Carlos Alberto Quaglia, Carlos Alberto (Bispo Rodrigues da IURD), Cristiano Paz, Emerson Palmieri, Duda Mendonça, João Paulo Cunha, Enivaldo Quadrado, Geiza Dias, Henrique Pizzolato, Jacinto Lamas, João Cláudio Genu, João Magno, José Luiz Alves, José Roberto Salgado, Marcos Valério, Paulo Rocha, José Rodrigues Borba, José Dirceu, José Genoíno, Kátia Rabello, Pedro Henry, Professor Luizinho, Ramon Hollerbach, Rogério Tolentino, Romeu Queiróz, Simone Vasconcelos, Vinícius Samarane, Zilmar Fernandes, Luiz Gushiken, Pedro Corrêa, Roberto Jefferson, Waldemar da Costa Neto.



Dizem os especialistas que as explicações dos advogados dificilmente serão aceitas. José Dirceu anda abatido e Delúbio diz que “deu errado” na sede da CUT, a engenharia montada para quitar dívidas do PT e que tudo desmoronou. Achamos atitudes incoerentes de Ministros do Supremo, ter simpatias e ser ligados a partidos políticos. Ricardo Lewandowski e Dias Toffolli, ligados ao Partido dos Trabalhadores, devem acatar a tese de crime eleitoral, defendida pelo PT, segundo relato de técnicos do próprio Supremo. (Fonte Revista “Isto É, 2220 de 1º.”./08/2012). O Brasil e o povo brasileiro estão nas mãos de 11 ministros que darão a sentença. Luiz Fux, Gilmar Mendes, Cármem Lúcia, Celso de Mello, Joaquim Barbosa, Carlos Ayres Brito, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Marco Aurélio de Mello, Cezar Peluso e Dias Toffoli. Quem vencerá essa batalha política no teatro de operações que funcionará no Supremo Tribunal Federal? Façam suas apostas, distribuas suas fichas, que tudo pode acontecer no País do Tudo e do Nada. Esperamos um tanto ansiosos essa refrega política e que Deus se compadeça de nós cidadãos brasileiros. Pense nisso!



ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA AOUVIRCE- DA ACE- DA UBT E DA AVSPE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 15:06


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031