Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Quinta-feira, 07.10.10

CARTA ABERTA AOS EXCELENTÍSSIMOS SENHOR MINISTROS DO TSF


CARTA ABERTA AOS EXCELENTÍSSIMOS SENHOR MINISTROS DO TSF

FORTALEZA,07 DE OUTUBRO 2010

É UM POUCO LONGA? SIM. IMPORTANTE, SIM. O AMIGO REPASSANDO PARA SEUS AMIGOS E MINISTROS PODEREMOS COMEÇAR  A MUDAR. QUEM SABEM? DEUS ESTÁ CONOSCO, POIS ACREDITAMOS NELE. GRUPO GUARARAPES

            Somos simples mortais. Tivemos a felicidade de viver num País onde os homens se dignificavam pela honradez, mas, infelizmente, no fim dos nossos anos, assistimos  ao  apodrecimento da sociedade, ao longo do tempo, pela influência nefasta de uma filosofia que para se chegar ao Poder usa uma máxima que tudo destrói: “os fins justificam os meios”. 
            Lendo-se a vida de Ingrid Betancourt, a ex-senadora colombiana humilhada e por várias vezes acorrentada, como animal, pelos criminosos das FARC, que são apoiadas pelo governo brasileiro, encontramos o pensamento: “No inferno, não temos direito de demonstrar sofrimento”. É o que sentimos neste momento da vida brasileira. Vivemos num “inferno”, onde bandidos mandam no País e a JUSTIÇA, ao que parece, não sendo mais acreditada pelo seu povo.
            Somos revoltados. Não sabemos se Vossas Excelências, também, pois vivem num mundo ainda preso aos ditames das gincanas jurídicas com fraseados latinos, tipo pombalinas, onde as palavras são pronunciadas como se num Senado  Romano estivéssemos,  cada um tentando mostrar a inteligência de um Cícero, com citações de BROCARDOS JÚRICOS, esquecendo que o STF é a casa da JUSTIÇA, casa da defesa da sociedade ameaçada, onde os CATILINAS tentando escapar se lá não houver “JUIZ COMO EM BERLIM”.
            Esta carta só está sendo escrita por ter tido ultrapassado o limite de nossa revolta. Vimos, e acreditamos que o povo, também viu, um Valdomiro recebendo propina em dinheiro. Vimos, e acreditamos que o povo, também, o dinheiro correndo no mensalão e um réu, confesso, dizer chorando, dentro do SENADO DA REPÚBLICA, que recebeu dinheiro em dólar no exterior por trabalho prestado em campanha política. Vimos e pensamos que o povo viu, também, governador e outras autoridades de Brasília recebendo pacotes de dinheiros. Vimos na TV a prisão de um cidadão com dólar na cueca a mando de um deputado e o deputado continua deputado. Vimos e acredito que o povo, também, viu senadores e deputados pedindo para sair a fim de não serem cassados e ficarem com o direito de voltarem eleitos com dinheiros os mais escusos possíveis. Vimos e cremos que o povo viu, também, governadores do Tocantins e Amapá serem presos e soltos e continuarem a ser candidatos. Vimos e ouvimos e o povo, também, viu e ouviu o Excelentíssimo Senhor Presidente da República mentir, descaradamente, no caso mensalão. Vimos e o povo, também, a candidata ao cargo de Presidente mentir, dizendo que não roubou e agora o ex-marido, vem no jornal Zero Hora, afirmar que ela participou do roubo do cofre da ex-amante de Ademar de Barros, num valor superior a mais de dois milhões de dólares e tudo continuar no “melhor dos mundos”, como dizia o doutor Plangoss, personagem de Voltaire, em CANDIDO.
Até ai ainda fomos suportando, aos trancos e barrancos, a nossa revolta. Agora transbordou por quatro fatos analisados abaixo, que nos deprimem e que confirmam a afirmativa de LUIS MIR , em seu livro GUERRA CIVIL: “A Justiça continua assim a ser lenta, ineficaz, excessivamente cara e etnicamente longínqua dos cidadãos. Não temos um Estado de Justiça”. E acrescentamos: “Não vivemos num Estado democrático de direito”, pois os poderosos não são alcançados pelo Poder da lei. São imunes”. -O Procurador Geral da República faz denúncia da existência de uma quadrilha que se formou em torno do Governo, ao STF. Arrasta-se o processo a passos de tartaruga e os quadrilheiros soltos, na sua maioria candidatos e muitos eleitos nesta eleição de faz de conta, pois o quadrilheiro mó empenha toda estrutura do governo em benefício de um dos candidatos. Até o nº 40 leva-nos ao grande conto baseado na ”saga do rei Ali Baba do Sudão do povo de Beja  - “ALI BABÁ E OS QUARETAS LADRÕES” -. Para recordar coloco os nomes que foram tirados do GOOGLE e encontram-se nas páginas do processo:No GOOGLE vamos encontrar a lista, por ordem alfabética, dos envolvidos no Escândalo do Mensalão, esquecido pelo povo e chamado de quadrilha pelo Procurador Geral da República. Só para recordar e quem quiser saber de que são acusados é entrar no GOOGLE E COLOCAR  “MENSALÃO”. Vamos lá: Do PT: Em ordem alfabética.Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente, João Magno (PT-MG), ,João Paulo Cunha (PT-SP), deputado federal, José Adalberto Vieira da Silva (PT-CE), preso pela Polícia Federal com US$ 100.000,00 na cueca, José Dirceu, acusado por Jefferson, José Genoíno, ex-presidente do PT, José Mentor (PT-SP), José Nobre Guimarães (PT-CE), irmão de José Genoíno, Josias Gomes (PT - BA), suspeito de retirar, pessoalmente, a quantia de R$ 100 mil das contas de Marcos Valério.
Juscelino Dourado, chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Luiz Gushiken, ex-dirigente da SECOM, Luiz Inácio Lula da Silva(PT-SP) segundo Duda Mendonça em declaração a Veja Lula supostamente teria conhecimento do escândalo de caixa dois do PT, e não denunciou, Marcelo Sereno, ex-secretário de Comunicações do PT,  Paulo Rocha (PT-PA), deputado federal, Professor Luizinho (PT-SP), deputado federal, Raimundo Ferreira Silva Júnior, vice-presidente do PT no Distrito Federal, Ralf Barquete, assessor, Rogério Buratti, Sérgio Gomes da Silva, mais conhecido como o "Sombra". Silvio Pereira, ex-secretário Geral do PT. Vladimir Poleto, economista e ex-assessor na Prefeitura de Ribeirão Preto e do Ministro da Fazenda, Wilmar Lacerda, presidente do PT no Distrito Federal, Waldomiro Diniz, assessor do ministro da Casa Civil. Da base aliada: Entenda-se por "base aliada" os partidos que davam sustentação política ao PT, antes do início do escândalo: PTB, PP, PL e PMDB: Roberto Jefferson (PTB-RJ), José Carlos Martinez (PTB-PR), (Romeu Queiroz (PTB-MG). José Janene (PP-PR), (1955-2010).Pedro Corrêa (PP-PE) - presidente do PP, Pedro Henry (PP-MT) - José Borba (PMDB-PR) - Valdemar Costa Neto (PL-SP)- Bispo Rodrigues (PL-RJ) -Anderson Adauto (PL-MG) - o ex-ministro dos transportes. Outros: Marcos Valério, empresário, sem partido, Eduardo Azeredo (PSDB-MG), Roberto Brant (PFL-MG). Deputado mineiro do PFL, Duda Mendonça, publicitário, Fernanda Karina Somaggio, secretária de Marcos Valério, Renilda Soares, esposa de Valério, Toninho da Barcelona ou Antônio Oliveira Claramunt, Daniel Dantas, empresário, Paulo Okamoto, Presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Vavá - Genival Inácio da Silva, irmão do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Carlos Massa, o Ratinho.             



Em Portugal:Antonio Mexia - ex-Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações de PortugalMiguel Horta e Costa - Presidente da Portugal Telecom.   - Um Partido Político entra com ação de inconstitucionalidade de uma lei votada há mais de um ano pelo Congresso (que Congresso!) e sancionada pelo Presidente da República (que presidente!), querendo assim evitar que seus eleitores mais desprotegidos da vida tivessem que apresentar o título de eleitor e mais outro documento, com retrato. O STF não julgou a Inconstitucionalidade e sim legislou, criando nova lei. Isto é uma barbaridade jurídica e  não somos juristas.
                        - O caso da Lei da Ficha Limpa. A sociedade procurou, por meios legais, se defender de bandidos. A lei aprovada e sancionada começa a ser postergada, não pelos doutos em Direito e sim por advogados contratados, legitimamente, pelos que não merecem o respeito de seu povo. O órgão juridicamente constituído, para conhecer da  aplicação da lei, o STE, a reconhece e começa a expurgar os envolvidos em desvios vários. Vem o STF cria a maior confusão do mundo. Empata na votação e o resultado é este triste fim de uma comédia bufa.
                        - Foi este 4º fato que transbordou a indignação que está reprimida no peito dos que fazem o GRUPO GUARARAPES.  Quando apareceu um dos atingidos pela Lei da Ficha Limpa ao lado de genro de um Ministro do STF, acreditamos que Sua Excelência seja totalmente inocente e que esteja vendido pelo genro sem o mínimo de caráter, sentimos que chegamos ao fim da linha, não pelo ato em si, mas pelo silêncio de todos. Nenhum protesto. A OAB calada. O STF não proibindo a entrada do genro em suas dependências. Nada de nada. Explodiu a nossa revolta e vimos que estamos vivendo num INFERNO. E para não irmos ao 5º fato lembramos aos Meritíssimos Ministros um nome novo no vocabulário das patifarias brasileiras: ERENICE E SEUS FAMILIARES E AMIGOS, FORMANDO OUTRO CONTO DE ALI BABÁ E 40 LADRÕES e tudo no melhor dos mundos.
                Quando alunos, na Escola Militar de Resende ou Realengo, tivemos um professor de direito que nos ensinava o AMOR pela Democracia, o respeito à Lei, fundamento básico de toda sociedade organizada. Combatia a ditadura getuliana e nos indicava o caminho da SANTA JUSTIÇA e os valores éticos e morais que o homem de bem deveria ter dentro de si. Honestidade não era virtude e sim obrigação, dever. Falar a VERDADE era o mais sagrado DEVER DO CIDADÃO, pois a MENTIRA é o CUPIM  que destrói a SOCIEDADE. Tal era o nosso respeito pela SANTA JUSTIÇA que nos nossos anos de serviço, mesmo no período chamado “DITADURA MILITAR”, injustamente, nunca vimos deixar de cumprir um mandato judicial, pois os juízes mereciam a nossa fé e era a JUSTIÇA a salvação de nossa sociedade. Hoje, governador não cumpre a Lei e os tribunais não se fazem respeitar.
            Estamos terminando esta missiva com muita dor, pois amamos a Pátria, como Vossas Excelências. Não podemos apontar os BROCARDOS JURÍDICOS por não ter a coleção deles e não sermos doutos em latim ou grego. Vamos citar alguns pensamentos de homens ilustres que aprendemos a admirar e que servem para confirmar que o BRASIL é um País que não pode ser respeitado no mundo atual por não se enquadrar: 1 – Em Santo Agostinho: “Estado sem valores é uma quadrilha”.2 – Em Richelieu: “Não há maior crime contra o interesse público do que tratar com indulgência quem dilapida o erário”.3 – Em Buda: “Aquele que observa a lei, vive feliz neste mundo e em todos os outros”.4 – Em Lacordaire: “o centro do mundo, o coração do gênero humano, é o povo”.  
            Nosso mais sincero sinal de respeito as Vossas Excelências, mas coitado do FRANCENILDO que “pecou” por dizer a VERDADE e por ser POVO. Os ombros baixos e os pés arrastando-se quando viu que o poderoso que lhe humilhou foi absolvido no STF indica que ELE, FRANCENILDO, é a prova cabal do que disse Henry Luis Mencken:
“TODO HOMEM DECENTE TEM VERGONHA DO GOVERNO”.
GRUPO GUARARAPES- REPASSE! SALVE O BRASIL


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 07:58



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31