Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Sexta-feira, 09.01.09

WASHINGTON SOARES

WASHINGTON SOARES


Queríamos lembrar ao secretário de paisagismo da Prefeitura da capital cearense, que o verde não deve ser exclusividade da zona nobre da cidade. A prefeita teve a maioria de seus votos na periferia da cidade, disso ninguém pode negar. As rutilâncias não podem ser atos acumpliciados, nem aguilhão que sirva de Albornoz para os mais abonados, visto que o direito sempre foi igual para todos. A canga não pode jamais interferir e tornar-se atos estocantes sem etiologia e ações luzidias. A população pode e deve emitir opiniões para tornar a cidade com aspecto de metrópole. Por onde irá passar o metrô o que se vê hoje é vegetação seca e muito lixo, sem contar com grades quebradas e enferrujadas. Bem que toda linha do metrô deveria receber o verde da Washington Soares. Sentimos tremenda vergonha quando por obrigação temos de passar pelas praças José de Alencar e Lagoinha. A Rua Tristão Gonçalves virou o aterro sanitário de Fortaleza.

Se nenhuma providência for tomada àquele cordial e eminente passeio pelo centro de Fortaleza, irá se transformar em definhamento, desalinho e atitudes daninhas. Sinceramente nos sentimos acuados e sem coragem de mostrar o centro aos amigos de outros Estados que nos visitam. Senhores turistas que não conhecem a periferia de Fortaleza vamos fazer uma incursão para constatarmos os desmandos que a prefeita tem para com a Fortaleza menos aquinhoada. Por enquanto, os senhores só conhecem a nata da quarta capital brasileira. Vamos mudar o roteiro. As duas principais entradas de Fortaleza estão uma calamidade só. A Br 222 que liga Fortaleza à Teresina e a Região Norte é um escândalo. Querem ver coisa feia passem pelo viaduto do Bairro do Antonio Bezerra. A Br 116 está expectante, as obras extrapoladoras não terminam mais. Não existem retornos e as laterais de atrativos é zero a esquerda e a direita.

O que ainda atrai o turista com uma visão bem melhor sem escamujar-se é a litorânea com belas paisagens e extensas pistas proporcionando aos motoristas uma viagem tranqüila, mas sempre é bom lembrar que a velocidade máxima permitida deve ser obedecida para que não aconteçam acidentes fatais. Os moradores da periferia podem ser chamados como filhos do calvário, pois já estão cansados de promessas e de ações incognoscível. O filme tem de mudar, o preto e branco tem que se transformar em cores. Saneamento básico é primordial, mesmo com a consciência de que obra enterrada não dá voto. Se o saneamento fosse levado a sério as doenças diminuiriam e o mosquito inteligente iria fazer moradia em outras plagas. A quadra invernosa se aproxima, mas as bocas de lobos e os esgotos continuam entupidos. O povo conhece os problemas de sua cidade como a palma da mão, por que os políticos dão uma de cego e nada veem. O vereador é uma figura importante e se cada um cuidasse de seu reduto eleitoral a cidade estaria um brinco de ouro com certeza. As ruas e avenidas estão esburacadas quanto resolveram consertá-las? Irreflexão, irrelevantes, lancinantes, mas as miríades com certeza um dia qualquer deixarão de ser problemas.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 07:29


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031