Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 01.03.10

PERIGO À VISTA

PERIGO À VISTA

A sujeira, a poluição, o desmatamento desordenado, a falta de saneamento básico, a fome e a miséria são vieses primordiais para colocar a vida humana em perigo. Apesar do ser humano depender de uma excelente qualidade de vida, os vírus estão aí procurando uma vítima para se disseminar. Aqui iremos citar as doenças e síndromes que ameaçam o nosso futuro. Muitas delas em atividade trazendo dores de cabeça e preocupação para os cientistas, visto que não conseguem fabricar uma vacina ou um antídoto ideal para amenizar os efeitos maléficos desses vírus. A gripe suína, a gripe aviária, a dengue, a malária, a vaca louca, o ebola, e outras cujos matizes não possuem ligação com vírus, mas com as condições de vida como estresse, ansiedade, depressão e outros males que acometem o corpo humano. O surgimento do vírus da AIDS (HIV) atribui-se, às incursões desordenadas as florestas da África Ocidental. Alguém irá perguntar o que as grandes florestas têm haver com determinadas doenças?

Somos sabedores de que um número grande número de vírus encontram-se adormecidos e com o desmatamento ilegal poderá ativá-los, que após sair de um sono constante irá procurar um abrigo para se expandir e prosperar trazendo consequências mortais para o ser humano. A gritante demanda por alimentos levou o homem a exterminar raças de animais para seu sustento, surgindo daí o comércio de carne de caça e o abate dos chimpanzés que segundo especialistas e cientistas são portadores em potencial do vírus HIV. As pessoas que saborearam a carne deste animal, ou cujo sangue entrou em cortes ou feridas, e também foram expostas a novos agentes infecciosos, transformaram-se em vítimas fáceis para o vírus mortal. Depois de instalado no corpo o vírus começa a se desenvolver e causar deficiência ao corpo infectado.

A AIDS surgiu no século XX, mas não foi identificada em humanos. Na metade desse século gays, homossexuais começaram a manifestar os sintomas da doença e as primeiras vítimas de uma doença misteriosa surgiram em São Francisco nos Estados Unidos da América do Norte (EUA) pelos idos de 1980. Segundo estatísticas o vírus já vitimou mais de 25 milhões de pessoas no mundo. Pessoas que receberam transfusão de sangue com o líquido da vida contaminado também contraíram a doença. Hoje a preocupação é muito grande, principalmente com o uso de materiais que possam causar ferimentos. Dentistas, manicures, pedicures, barbeiros tiveram que usar materiais descartáveis ou então fazer uma assepsia bem feita para evitar problemas mais graves. A temperatura também tem grande influência na evolução desses vírus.

O calor favorece a proliferação de insetos que transmitem várias doenças. O México chamou a atenção do mundo para um vírus que surgiu causando gripe forte. Essa gripe ficou conhecida como gripe suína, depois se mudou a nomenclatura para gripe A e por fim H1N1. A gripe H1N1 pode causar além da gripe mais de 45 moléstias transmitidas de animais para humanos segundo informes da Organização das Nações Unidas (ONU). Climas mais quentes, por exemplo, são uma ótima notícia para insetos que servem de vetores para diversas moléstias conforme informe da Revista “Planeta”. O mosquito Anopheles, transmissor da malária não se desenvolve na temperatura média de 16 graus centigrados. Já o transmissor da dengue o Aedes aegypti não se desenvolve em temperaturas abaixo de dez graus. A globalização e o desequilíbrio ecológico são as principais causas da disseminação das doenças.

A mudança no uso da terra, práticas agropecuárias são aliados importantes no surgimento de novas doenças. Estamos em contato frequente com doenças perigosas como a hantavírus, malária, raiva, a febre do Nilo Ocidental entre outras mais comuns. Em Nova York pelos idos de 1999 e 2000, essa doença de aves transmitidas por mosquitos foi trazida por navios que transportavam pássaros exóticos para colecionadores norte-americanos. Das mais de 50 pessoas em Nova York hospitalizadas dez morreram. O Vírus surgiu em Uganda, em 1937. Focos da doença foram registrados na Romênia, Itália, Portugal, França, Portugal, EUA e Rússia. A doença se manifesta com febre alta, dores de cabeça, encefalites.

As atividades humanas são causadoras do aumento dessas doenças pelo desmatamento desordenado, pelo desequilíbrio ecológico e a falta de cuidado no lidar com a terra. O hantavírus tem como causador os roedores e em especial os ratos. Ataca os pulmões causando a febre hemorrágica. Para se ter uma noção do perigo da gripe aviária só na China a maior demanda por carne de aves levou a um aumento maciço nas populações das aves aquáticas domésticas segundo afirmou Jan Slingenbergh da Organização das Nações Unidas para a alimentação e a Agricultura, as mudanças na criação aumentaram a circulação do vírus e bactérias, incluindo a gripe cujo vírus sofrem mutações constantes vindo a infectar com muita rapidez os seres humanos. A população da China corresponde a 700 milhões de aves aquáticas.

É hora de pensarmos melhor nos risos a que estamos sujeitos, a limpeza e o cuidado com o ambiente em que vivemos deve ser saudável, ventilado. Mater vigilância e cuidado especial com aves e animais domésticos e se possível redobrá-lo. Devemos evitar a infestação de insetos no ambiente em que vivemos, bem como evitarmos animais peçonhentos que causam fobias as pessoas como baratas, aranhas, escorpiões, ratos e insetos de qualquer natureza. Aliás, o cuidado com a nossa a saudade depende exclusivamente de nós. Pense nisso1

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- ALOMERCE-UBT E AOUVIRCE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 15:23



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031