Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Domingo, 30.05.10

SOCIEDADE DIVIDIDA?

SOCIEDADE DIVIDIDA?


(OBS: LEIAM, POR FAVOR. O PERIGO RONDA O NOSSO QUERIDO BRASIL.) GRUPO GUARARAPES.
REPASSEM
Objetivando inserir na consciência da população a existência de uma separação entre os cidadãos brasileiros, foi cunhada por alguns meios de Comunicação uma frase que – embora nada tendo de real – ecoa surdamente para a íntima satisfação daqueles que preconizam a derrocada de nossos mais autênticos valores. “Tal frase tem a pretensão de dividir cidadãos em Civis e Militares e sua constante citação encontra-se diariamente na Imprensa brasileira, invariavelmente com a forma de” sociedade civil brasileira.

Mas, que sociedade seria esta? Será que existem pessoas que acreditam verdadeiramente nas reiteradas acusações de que os militares formam uma sociedade diferenciada, algo como uma casta, cujos valores são divergentes do resto da população nacional? Haverá realmente alguém que creia que pais, esposas e filhos de militares pertencem a uma sociedade apartada? E mais: que após terminarem seu tempo de serviço, os militares continuam a pertencer a sombrios círculos fechados, acastelados em bairros e zonas privativas? Mentes ditas esclarecidas, como a de comunicadores, por exemplo, devem – forçosamente – ser menos medievais na apreciação de tão delicado de Comunicação. Ou seriam também eles manejados por inteligentes mentores intelectuais cujo nefando propósito seria a subversão da ordem interna através da perda da imagem do militar, para isto tendo a seu favor os anos de governo através de uma ditadura que nunca na realidade o foi? A grande verdade é que o militar brasileiro vem sendo discriminado há muito tempo.

Se analisarmos suas remunerações, os graves problemas familiares gerados por transferências, que punem esposas e filhos, os quais acompanham oficias e praças aos mais distantes pontos do território nacional, num nomadismo que impede dolorosamente planificações familiares e padronização de estudos, jamais houve uma serena apreciação sociológica, que fatalmente comprovaria ser a profissão militar uma das mais sacrificadas atividades exercidas em qualquer nação! E notadamente no Brasil, que tem condições extremamente diferenciadas nas diversas áreas onde a segurança nacional exige a instalação de bases e quartéis, resultando em quase total ausência de conforto para os profissionais, e ainda pior para os familiares...

Mas, a despeito de tudo isto, serão os militares os primeiros a tombarem na defesa da integridade e segurança nacionais. Eles farão com desprendimento não porque façam parte de grupos diferenciados, mas sim pelo fato de serem PATRIOTAS, defendendo seus irmãos, fardados ou não! Neste caso, que ocorreu tantas vezes no passado e continua ocorrendo, casta mesmo será a tão decantada – “SOCIEDADE CIVIL”, a qual então estaria explorando um grupo minoritário, mal pago e sofrido, cujos membros, apesar disto, têm orgulho de ser BRASILEIROS.

AURÉLIO DE ABREU
OUT/NOV REVISTA COMANDO 3

O GRUPO GUARARAPES ASSINA EMBAIXO O ARTIGO CORAJOSO DE AURÉLIO DE ABREU, PUBLICADO NA REVISTA COMANDO 3.

ALÉM DESTA BARBARIDADE DE SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA estão, cada dia mais, dividindo a SOCIEDADE BRASILEIRA EM CASTAS.

O PLANO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS – 3 (PNDH-3) com direitos diferenciados para negros, brancos, índios, quilombolas, ciganos, varzanteiros e pescadores entre outros. Chegou-se ao ponto de dois irmãos filhos de mesmos pais terem tratamento diferenciado para entrada na Universidade por causa da cor da pele.

A Segurança Nacional pergunta se índio não é brasileiro? E as minorias polacas, ucranianas, italianas, portuguesas, alemãs não terão os mesmos direitos dos ciganos e se os filhos destas minorias são ou não brasileiras?

A atual candidata à presidência da república afirmou que o nordestino quando sai de sua terra vai para o Brasil. Há dois Brasis? Começam a dizer estas barbaridades e dentro de pouco tempo vão querer uma NAÇÃO DIFERENTE NA RAPOSA SERRA DO SOL.

A Nação Brasileira é uma só. SÓ temos brasileiros nas Forças Armadas.

GRUPO GUARARAPES
DOC. Nº 127 - 2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 14:03



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031