Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Quinta-feira, 02.05.13

O PARTIDO DOS TRABALHADORES E OS ALIADOS NA CORRUPÇÃO



O PARTIDO DOS TRABALHADORES E OS ALIADOS NA CORRUPÇÃO

“Aproveite este dia e ame com todas as forças do seu espírito; sem restrições; sem ver defeitos, negatividade e tristezas. Passe por cima do olhar frio, do mau caráter, da expressão de desagrado. O seu amor é tão poderoso que resolve conflitos, dilui ódios e problemas, edifica o progresso duradouro, estabelece laços de afeto e amizade, produz resultados de paz e faz com que os outros queiram lhe devolver amor.” (Lourival Lopes).

A corrupção é o ato ou efeito de corromper; decomposição; putrefação; depravação e devassidão. A política é a arte ou ciência de governar, aplicação desta arte nos negócios da nação (política interna) ou nos negócios (política externa). É também a prática ou profissão de conduzir negócios políticos ou o conjunto dos princípios ou opiniões políticas, astúcia, maquiavelismo. Está ligada a cerimônia, a cortesia e a urbanidade. Baseado nessas definições pode-se afirmar sem medo de errar, que o Brasil está em estado de decomposição, de putrefação, onde a vertente principal se direciona para a depravação e a devassidão. Logicamente que a bela definição de política, infelizmente não se exerce no território brasileiro. Aqui não existe cortesia, muito menos cerimônia e, a urbanidade morreu faz tempo e muitos não tomaram conhecimento.

A astúcia política e o maquiavelismo se embrenharam do Oiapoque ao Chuí. Dizer que existe na política atual seriedade, seria a mesma coisa que saciar a fome de uma criança com balas e chocolates. O que existe realmente, mas o povo menos esclarecido não quer aceitar é política ordinária, mesquinha e interesseira, onde existem uma súcia de maus políticos, politicalha ou politicagem. O que está na moda política é a oligarquia. O governo de poucas pessoas, cujo predomínio de uma fração ou grupo se insere na direção dos negócios políticos. Podem ser apelidados de matreiros, pois usam a astúcia, e são muitos  “experientes”, gostam de lidar com coisas más, igual a um animal arisco que com dificuldade consente vir ao curral. Os políticos matreiros formam de imediato os seus currais eleitorais para saciar suas fomes de poder, através da conquista de votos, seja qual for o “Modus operandi”.

Nunca na história política do Brasil presenciamos governos tão agarrados ao vil metal, à corrupção, a lavagem de dinheiro, ao tráfico de influências, o aumento ilícito de patrimônio, e ao enriquecimento ilícito com o engordamento de contas bancárias com dinheiro público, e o mau uso de verbas, através de licitações fraudulentas. “Minha casa, meu negócio”. A casa é nossa – Os deputados Augusto Coutinho, Inocêncio Oliveira e os senadores Wilder Morais e Lobão Filho têm sido favorecidos pelo programa Minha Casa, Minha Vida. É Lobão pai e Lobão Filho mamando nas tetas do governo brasileiro. Segundo a jornalista Josie Jeronimo da revista “Isto É” - num claro conflito entre o interesse público e privado, parlamentares lucram com contatos milionários do maior programa habitacional do governo. Os políticos são beneficiados na venda de terrenos para os assentamentos e ao colocarem suas próprias empreiteiras para tocarem as obras aumentam mais a irresponsabilidade perante a população. Se esses maus políticos encontrassem pela frente um regime duro como o da China com certeza a população pediria sem pestanejar “pena de morte” para todos eles.

Como é duro e triste pagar uma “constelação de impostos” que deveria ser revestida em prol da sociedade e da população mais carente, no entanto, está servindo tão somente para enricar políticos gananciosos e corruptos. Será que a presidenta Dilma Roussef contraiu o mal do ex-presidente Lula, e também não sabe de nada? Não acreditamos, pois tem gente grande dentro do governo que encobre imorais irregularidades e a chefe da nação faz de conta que não vê nada. Esses benefícios são para serem gastos na campanha presidencial, na campanha para o senado, para deputados sejam estaduais, ou federais do PT e dos partidos aliados.

Enquanto isso, milhares de crianças morrem de fome, idosos perdem a vida nas portas e corredores de hospitais por falta de atendimento médico, a educação não existe e os meliantes e assaltantes se duplicam, enquanto a segurança arqueja em total estado de letargia. As decisões judiciais são morosas e estamos entregues a própria sorte e salve-se quem puder. Temos que usar cercas elétricas, portões, grades para obtermos um mínimo de segurança em casa, pois na rua estamos sujeitos à morte a todo instante. De vitrine do governo Dilma Rousseff à vidraça para os órgãos de controle, o programa Minha Casa, Minha Vida se tornou uma fonte de problemas e fraudes. Que vergonha meu Deus.

Nas últimas semanas “O Globo” denunciou que ex-servidores do Ministério das Cidades integrariam um esquema para ganhar contratos de habitação destinados às faixas mais pobres da população. Será que esse mar de lama e essa nuvem negra ainda vão perdurar por muito tempo?  Tem muita gente que critica o governo dos militares, mas deixam transparecer que eles queriam eram uma frouxidão exacerbada, para roubarem mais tranquilos e sem assédios. Os parlamentares se aproveitam de um filão imobiliário que já movimentou R$ 36 bilhões em recursos públicos para a construção de 1,05 milhões de casas e apartamentos para famílias de baixa renda. A construtora Duarte, uma empreiteira abocanhou o contrato para erguer 1.500 casas no município de Serra Talhada, escolheu justamente as terras do deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE) para construir as habitações. O que existe na realidade é uma política habitacional com favorecimento político. De vitrine a vidraça Dilma Rousseff admite irregularidades na Minha Casa, Minha Vida e diz que o governo deve investigá-las. Duvidamos, pois essas irregularidades são assaltos aos cofres públicos da nação.

O estado de Pernambuco recebeu R$ 4 bilhões em investimentos, o deputado Inocêncio (só no nome) Oliveira (PR-PE) vendeu terreno avaliado em R$ 151 mil por R$ 2,6 milhões para empreendimento do Minha Casa, Minha Vida, em Serra Talhada, a 400 quilômetros do Recife. Empresa do deputado Augusto Coutinho (DEM-PE) pede indenização de R$ 300 mil por terreno que será usado para habitação social. O estado de Goiás recebeu R$ 5,4 bilhões em investimentos através da empresa do senador Wilder Morais (DEM-GO) faturou R$ 42,1 da Caixa Econômica Federal. O residencial do Minha Casa, Minha Vida construído pela firma de Wilder em Nerópolis, cidade a 30 quilômetros de Goiânia, foi feito com placa de ferro e moradores estão levando choques. Um animal de estimação morreu eletrocutado. E as investigações prometidas pela presidenta quando começarão? Será outro mensalão?

O estado do Maranhão recebeu 2,7 bilhões em investimentos – A Difusora Incorporação e Construção, do senador Lobão Filho (PMDB), já recebeu R$ 13,5 milhões da Caixa Econômica Federal e se prepara para lançar novo empreendimento no município de Estreito, a 700 quilômetros de São Luis. No Paraná, em pelo menos três municípios, imóveis do Minha Casa, Minha Vida levam o selo da Cantareira Construções. A empreiteira pertence ao deputado Edmar Arruda (PR/PR). Só da Caixa, a Cantareira recebeu R$ 65,5 milhões até o fim de 2012/. - 10 1 bilhões em investimentos no Paraná, desde 2012, e, pode chegar à vultosa quantia de 30 milhões para construir casas no município de Paranavaí, em parceria coma prefeitura e o Banco do Brasil.

O deputado Edmar Arruda diz que empreiteira que lucra com casas “é da família”, o velho nepotismo. Pode Freud? No Brasil pode!Vergonha, vergonha para um País pobre como O Brasil colocar tanto dinheiro nas mãos de corruptos e vampirizadores populares. O empreendimento de Nerópolis está sendo investigado pelo Ministério Público de Goiás depois que moradores relataram que as casas lá são feitas com chapas metálicas. Os choques elétricos são rotinas. Além de roubarem, ainda querem matar os moradores? Somos enganados e além do mais temos que pagar inúmeros impostos para sustentar governos corruptos e sem compromisso com o povo. Lamentamos que a cultura de nosso povo seja tão curta e deixe-se enganar por vampiros que só querem tirar proveito e permanecer no poder eternamente. Não pense ser feliz apenas quando ganhar na loteria, quando tiver a casa própria, o bom emprego ou melhorar de condição social. Isso custa caro é geralmente você é a vítima. Você pode ser feliz logo.

A felicidade não depende somente de “benesses políticas” e sim de ardente desejo de busca, de querer encontrá-la. As situações de riqueza, pobreza e doença, desemprego influem, mas não toma o lugar do principal a decisão própria. Seja decisivo em suas ações. Nos lances da vida, apoie-se nas qualidades e principalmente nas dos políticos em que irão representá-los, veja-se conduzido pela mão de Deus e solte calorosos agradecimentos. Tenha fé, esforce-se, pois o esforço é para a felicidade o que o adubo é para a planta. Pense duas ou mais vezes antes de escolher seus representantes políticos e não se deixe enganar. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DA AVSPE- DO PORTAL CEN- DA AOUVIRCE E DA ALOMERCE




Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 12:10


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031