Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Quarta-feira, 31.08.11

INTELECTUALIDADE

INTELECTUALIDADE

“O verdadeiro otimista não é o que aguardo que tudo aconteça como quer, mas o que confia tanto em si que, qualquer desfecho, mesmo o desfavorável, é aceito sem reclamação, nada o fazendo infeliz ou desequilibrado.” (Lourival Lopes).

Será que todo ser humano é dotado de intelectualidade? A palavra epigrafada está relacionada com inteligência. O homem sendo produto dom meio como muitos afirmam: o ser humano é dotado de limites. Notadamente se dissermos que ele foi o construtor do próprio meio em que vive. Pessoas em busca de intimidade cedem seus “direitos territoriais”. Seja para se abraçarem amorosamente ou, mesmo para brigar, é a distância que vai de zero a poucos palmos, e que é menor do que o território neutro, ou pessoal, do individuo sem interação com os outros. A distância social, ou de interação com reservas, oscila bastante, não só pelo grau variável do estado emocional que modifica a reserva, mas também conforme a tradição cultural na qual a cada sociedade fixou seus hábitos de comportamento em grupo.

A palavra cultura relaciona com o verbo cultivar que forma um elo muito forte com o trabalho. Através do trabalho profícuo o homem cresceu e desenvolveu sua personalidade e imantou a sua cultura. A cultura tem a finalidade de dilatar o campo de compreensão do homem, concedendo-lhe mais clara visão da vida, antes que intoxicá-lo de informações que nem a ele próprio aproveitam. São diferentes, o homem culto do sábio, pela simples razão de que o primeiro armazena conhecimentos e o outro os vive de forma edificante, promovendo aqueles que o cercam. A inteligência se revela por atos voluntários, refletidos, premeditados, comeditados, de acordo com a oportunidade das circunstâncias. É incontestavelmente um atributo exclusivo da alma.

A intelectualidade envolva tanto a cultura como a inteligência, sendo que a inteligência é atributo do Espírito e a cultura são os aprendizados acumulados durante a existência humana. Sobre a pergunta acima temos a informar que a intelectualidade é inerente ao homem culto. E para nos tornarmos cultos temos que assimilar alguns atributos de relevância como: ato ou efeito de cultivar, assimilar o complexo de padrões de comportamentos, de crenças, das instituições, das manifestações artística, intelectuais, transmitidos coletivamente, e típicos de uma sociedade. O conjunto dos conhecimentos adquiridos em determinado campo é intelectualidade.

Usa-se a escala filosófica podemos claramente distinguir dois estados de inteligência humana: o pré-científico e o científico. Chama-se pré-científico ao estado natural ou não reflexivo da inteligência. Ou, em outras palavras, pré-científico é os estado da inteligência não aperfeiçoada por hábitos científicos. Cientifico, ao contrário, é o estado cultivado ou reflexivo da inteligência, isto é, o estado da inteligência aperfeiçoado por hábitos científicos. O hábito é certo estado permanente de perfeição qualitativa. Se você se insere nessas nuanças, pode ser considerado um intelectual. A Revista “Planeta” traz em seu bojo, uma matéria assaz interessante intitulada: “Os vários tipos de inteligência”. Musical, intrapessoal, espacial, corporal, matemática, emocional e faz uma indagação: “Qual é a sua?”. Queria dar uma conotação espiritual sobre a inteligência humana.

Todo ser humano é dotado de Espírito. Concordam ou não? Aos que concordam, a definição de Espírito é a seguinte: “São seres inteligentes que povoam o universo”. “O que Pelé e Einstein têm em comum”? Ambos são gênios, mas cada um na sua área de especialidade. E por que apenas uma pequena parcela de crianças com QI (Quociente de inteligência) alto se sobressai? “A inteligência e o sucesso podem ser mais complexos do que se pensava”?  Um questionamento quiçá difícil de ser respondido, mas alguns estudiosos afirmam que existem sete outros oito tipos de inteligência. Segundo Howard Gardner, psicólogo autor desta teoria, existem ao todo sete tipos de inteligência e todas as pessoas têm um pouco das sete combinados dentro de si. No entanto cada pessoa tem um deles desenvolvido de modo mais forte e que se sobrepõe sobre os outros. Aqui enumeramos os sete tipos na visão de Gardner. Fonte: (http://www.homemdemello.com.br/psicologia/intelmult.html).  

Inteligência Linguística - As pessoas que possuem este tipo de inteligência tem grande facilidade de se expressar tanto oralmente quanto na forma escrita. Elas além de terem uma grande expressividade também têm um alto grau de atenção e uma alta sensibilidade para entender pontos de vista alheios. É uma inteligência fortemente relacionada ao lado esquerdo do cérebro é uma das inteligências mais comuns. Inteligência Lógica - Pessoas com esse perfil de inteligência têm uma alta capacidade de memória e um grande talento para lidar com matemática e lógica em geral. Elas têm facilidade para encontrar solução de problemas complexos, tendo a capacidade de dividir estes problemas em problemas menores e ir os resolvendo até chegar à resposta final. São pessoas organizadas e disciplinadas. É uma inteligência fortemente relacionada ao lado direito do cérebro. Inteligência Motora-Pessoas com este tipo de inteligência possui um grande talento em expressão corporal e tem uma noção espantosa de espaço, distancia e profundidade. Tem um controle sobre o corpo maior que o normal, sendo capazes de realizar movimentos complexos, graciosos ou então fortes com enorme precisão e facilidade. É uma inteligência relacionada ao cerebelo que é a porção do cérebro que controla os movimentos voluntários do corpo. Presente em esportistas olímpicos e de alto desempenho. É um dos tipos de inteligência diretamente relacionado à coordenação e capacidade motora.

Inteligência Espacial - Pessoas com este perfil de inteligência tem uma enorme facilidade para criar, imaginar e desenhar imagens 2D e 3D. Elas têm uma grande capacidade de criação em geral, mas principalmente tem um enorme talento para a arte gráfica. Pessoas com este perfil de inteligência têm como principais características a criatividade e a sensibilidade, sendo capazes de imaginar, criar e enxergar coisas que quem não tem este tipo de inteligência desenvolvido, em geral, não consegue. Inteligência Musical - É um dos tipos raros de inteligência. Pessoas com este perfil tem uma grande facilidade para escutar músicas ou sons em geral e identificar diferentes padrões e notas musicais. Eles conseguem ouvir e processar sons além do que a maioria das pessoas consegue, sendo capazes também de criar novas músicas e harmonias inéditas. Pessoas com este perfil é como se conseguissem “enxergar” através dos sons. Algumas pessoas tem esta inteligência tão evoluída que são capazes de aprender a tocar instrumentos musicais sozinhas. Assim como a inteligência espacial, este é um dos tipos de inteligência fortemente relacionados à criatividade.

Inteligência Interpessoal - Inteligência interpessoal é um tipo de inteligência ligada à capacidade natural de liderança. Pessoas com este perfil de inteligência são extremamente ativas e em geral causam uma grande admiração nas outras pessoas. São os lideres práticos, aqueles que chamam a responsabilidade para si. Eles são calmos, diretos e tem uma enorme capacidade para convencer as pessoas a fazer tudo o que ele achar conveniente. São capazes também de identificar as qualidades das pessoas e extrair o melhor delas organizando equipes e coordenando trabalho em conjunto. Inteligência Intrapessoal - É um tipo raro de inteligência, também relacionado à liderança. Quem desenvolve a inteligência interpessoal tem uma enorme facilidade em entender o que as pessoas pensam, sentem e desejam. Ao contrário dos lideres interpessoais que são ativos, os lideres intrapessoais são mais reservados, exercendo a liderança de um modo mais indireto, através do carisma e influenciando as pessoas através de ideias e não de ações. Entre os tipos de inteligência, este é considerado o mais raro. Essas são as inteligências que aparecem nos testes de QI e variam de 2 a 29%, assim distribuídas: “Inteligência linguística 29%, lógica 29%, motora 16%, espacial 14%, musical 6%, interpessoal 4% e intrapessoal 2%”. São chamadas também de inteligências predominantes. Outros pesquisadores afirmam que o mesmo Gardner diz que a teoria das inteligências múltiplas é um desafio à ideia de que o QI representa uma medida direta da inteligência. Segundo o psicólogo Howard Gardner, a nossa inteligência é o resultado de oito processadores mentais diferentes dentro do cérebro, Cada um deles responsável por uma habilidade: Lógico - matemático; linguística; musical; espacial; físico cinestésica (Cinestésico - Relativo às sensações do corpo. Na PNL, o termo cinestésico engloba todos os tipos de sentimento, inclusive os táteis, viscerais e emocionais.); intrapessoal; interpessoal e naturalista. Manual do QI - O quociente de inteligência é relativo: se você tira 100 num teste, significa que o seu está na média de todas as pessoas que fizeram a mesma prova. Mas cada teste usa uma escala diferente, então um QI de 142 em um pode significar 132 pontos em outro. A mensa (, uma "sociedade de gênios" em que só pode entrar quem tiver QI superior ao de 98% da população, costuma estipular 150 como QI de corte). Se você quiser entrar para um grupo desses e tiver bala na agulha, tem uma solução: viajar no tempo.

A média nos testes aumenta 25 pontos a cada geração - o psicólogo americano James R. Flynn, que detectou o fenômeno, credita isso à melhoria na alimentação e na infraestrutura básica nos último 100 anos. Isso significa que um sujeito normal de hoje teria QI de gênio nos anos 50. Tire o Delorean da garagem! Inteligência variável - Estudos indicam que algumas variáveis como níveis socioeconômicos, idade, sexo e grau de escolaridade podem influenciar nos testes de inteligência. Os alunos de classe média alta, por exemplo, tendem a ter melhores resultados que os de classe média baixa no teste de Goodenough, no qual as crianças desenham um homem, e em sua revisão, em que elas desenham um homem e uma mulher. O sucesso é a soma de inteligência, esforço, contexto histórico e oportunidade, segundo o escritor norte-americano Malcolm Gladwell. Qual o seu QE? A imprensa começou a prestar atenção na questão da inteligência emocional, com a publicação da obra “Inteligência Emocional, de Daniel Goleman”.

Hoje, seus conceitos são aplicados em muitas profissões, sobretudo na área de recursos humanos. A inteligência emocional também corresponde à interpessoal e intrapessoal propostas por Howard Gardner. Tecnologias, como computador e Internet, usadas corretamente podem ser excelentes ferramentas para potencializar algumas habilidades. O escritor canadense Don Tapscott, autor de “A Hora da Geração Digital”, não propõe um tipo de inteligência, mas sublinha que a tecnologia tem causado impacto no comportamento e no cérebro. Poderíamos aqui diversos nomes portadores das inteligências aqui enumeradas, mas para não cometermos injustiças vamos apenas dizer o seguinte: linguística relaciona a leitura, escrita e fala. Musical as pessoas que tem facilidade de identificar sons, captar sua expressão e transmitir sentimentos, lógico matemática é a inteligência que remete ao universo lógico, repleto de números e fórmulas. Espacial está relacionada a pessoas que têm facilidade em trabalhar com coordenadas espaciais e em pensar em imagens. Corporal cinestésica – A facilidade em se locomover pelo espaço, conhecer bem o potencial físico do seu corpo e ter boa coordenação motora. Interpessoal está ligada à habilidade de lidar com outras pessoas e a trabalhar em grupo. Frequentemente é vinculada a professores e políticos. Intrapessoal é a inteligência relacionada ao autoconhecimento e ao equilíbrio interior, inclusive quando a pessoa se encontra em situações difíceis. Naturalista – essa inteligência, proposta após a divulgação das ideias de Gardner, está associada aqueles que têm grande facilidade em transitar pela natureza, como os silvícolas. Qual o seu tipo de inteligência? Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA AVSPE- DA AOUVIR/CE- DA UBT E DA ACE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 10:44


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031