Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 29.10.12

LULA E SEUS CUPINCHAS


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 12:42

Segunda-feira, 29.10.12

FIM DA IMUNIDADE E DA IMPUNIDADE



FIM DA IMUNIDADE E DA IMPUNIDADE

O valor das coisas não está no tempo em que duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.(Autor desconhecido).

Política é a arte de administrar a sociedade de forma justa. Uma questão que deve ser revista e analisada com carinho e propriedade, é que não se pode confundir visão política com política partidária, ou seja, a política aplicada que os homens devem exercitar nos núcleos, nas agremiações partidárias. Tais partidos são resultantes de ideologias. De objetivos, de programas, de estatutos estabelecidos em agrupamentos de determinados homens que visam, de uma forma ou de outra, realizar normas políticas ideais, ou seja, pretendem a execução na sociedade dos princípios, das normas apresentadas filosoficamente pela política.

O homem por sua natureza, é um ser social: associa-se aos seus semelhantes para criar os bens necessários ao seu desenvolvimento. Aristóteles afirma: “O Homem é um animal Político”. Dentre esses bens citados anteriormente , alguns lhes são garantidos pelo agrupamento doméstico, outros são colocados em disponibilidade por outras instituições, também por ele criadas, a fim de satisfazerem suas necessidades de natureza social, econômica, cultural e religiosa, como a escola, a empresa, o clube, a igreja entre outros (as).

O homem é filho de suas próprias obras; e as diferenças humanas são filhas do uso que cada um faz de sua liberdade. É um ser progressivo e perfectível que sempre girará dentro da instabilidade. É seu próprio juiz, porque, segundo o uso ou o abuso de sua liberdade, torna-se feliz ou desditoso. Será necessário que o homem compreenda que, como parcela divina que é, veio ao mundo também para colaborar na obra de aperfeiçoamento do planeta em que vive, e essa colaboração certamente subtenderá auxílio às almas mais frágeis do que a dele, que gravitam ao seu lado nas peripécias da evolução. Ficamos a meditar: será que realmente o homem de hoje está de conforme com suas obrigações, ou tem sua índole distorcida pela ambição, pela inveja ou pelo orgulho? Achamos, que apesar das boas intenções de uns, a maioria distorce as finalidades precípuas planejadas para serem usadas aqui no orbe em que vivemos. Nome em voga nos dias de hoje: “Mensaleiros e quadrilheiros”. Logicamente, iremos dar conotações aos homens políticos que se envolveram em fatos que desabonaram as suas condutas de cidadãos e se transformaram em bandidos e hoje estão sendo julgados por seus crimes.

Dia 22 de outubro de 2012, após 39 sessões, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmaram a denúncia da Procuradoria –Geral da República ao condenar o ex-ministro José Dirceu, o publicitário Marcos Valério, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) José Genoíno e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares pelo crime de formação de quadrilha. Não bastasse serem enquadrados como quadrilheiros pelo Supremo Tribunal Federal, os réus do núcleo político petista sofreram outro revés na última semana. O anúncio, no dia 24, da pena de 40 anos de prisão imposta a Marcos Valério mostrou que a corte será rigorosa com os demais réus condenados no processo do mensalão, o que fatalmente levará muitos outros deles para a prisão. Bem que deveria existir prisão perpétua para políticos desonestos e corruptos, visto que os eleitores merecem atenção e respeito.

Toda árvore ruim é gerada através de uma semente má. Qual seria a semente má que gerou toda essa parafernália de crimes no governo do Partido dos Trabalhadores? A árvore podre que gerou várias sementes más deveria ser exterminada da política, no entanto, essa árvore está a balançar e soltar suas energias negativas para todos os lados. Os seus comandados serão punidos e a árvore principal geradora continuará livre aprontando novos crimes. Enquanto José Genoíno terá uma aposentadoria de R$ 19 mil paga pela Câmara, José Dirceu já admite perder clientes internacionais conforme nos informa a jornalista Isabelle Torres da Revista Isto É.  Um horizonte nebuloso pela frente deixa vários acusados preocupados. José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoíno já avaliam o impacto de uma possível condenação em regime fechado. Condenação a 40 anos de detenção, Marcos Valério deve ficar na prisão por pelo menos seis a oito anos.

O consolo: “Cúpula do Partido dos trabalhadores já informou aos réus do mensalão que não há chance de eles serem expulsos da legenda”. Pode Freud? Escândalos continuam: “Ex-ministro da Defesa Nelson Jobim é apontado como intermediário em escândalo de compra de embarcações para a Marinha do Brasil”. Comissionado Ex-ministro Nelson Jobim teria levado, segundo denúncia, 11% de comissão. Um esquema bilionário de corrupção ganhou destaque na imprensa europeia. Jobim seria o elo entre o ex-ministro de Desenvolvimento Econômico da Itália, no governo de Sílvio Berlusconi, Cláudio Scajola. Na compra de 11 embarcações para a Marinha brasileira. O negócio poderia atingir a cifra de 5 bilhões de euros. Sendo a comissão de 11% distribuída para Scajola, Massimo Nicolucci (porta-voz do ministro) e Jobim, conforme publicaram na quinta-feira 25 os jornais “Corriere della Sera” e “La Repubblica”.

Scajola não nega que trabalhou para viabilizar o negócio e tampouco que conhecia o ministro Jobim. “É verdade que encontrei três vezes o ministro da Defesa Jobim. Na Itália, havia crise e tentei vender as embarcações. Era meu dever ajudar o estaleiro Fincantieri”, afirmou Scajola. A investigação que está a cargo do Ministério Público da cidade de Nápoles, chegou ao nome de Nelson Jobim depois de interrogatório de Lorenzo Borgoni, o antigo responsável pelas relações institucionais da empresa. (Fonte: Revista “Isto É”.) de 30/10/2012 – nº. 2262. A propina seria paga por meio de contrato estipulado com uma agência no Brasil e entregue a um empregado que fosse indicado por Jobim. Felizmente, o negócio não prosperou em virtude do rumoroso caso envolvendo Cesare Battisti o ex-guerrilheiro italiano exilado no Brasil.

Como sempre acontece à negação vem em seguida. O projeto Pro-Super, que previa a aquisição por parte da Marinha brasileira de uma fragata com a transferência de tecnologia e transporte de combustíveis, foi cancelado, explicou Jobim, no entanto, não nega ter estado duas vezes conversando com Scajola. Negócio: cinco fragatas-cinco escoltas e um supernavio de apoio. Vamos confiar ainda em políticos mal-intencionados apontados para cargos no governo do ex-presidente Lula? O caso está sendo apurado na Itália e o resultado será divulgado após a conclusão das investigações. Todo dia surge um caso de corrupção envolvendo militantes do Partido dos Trabalhadores (PT), ou que fazem parte do governo do partido epigrafado. Pense nisso!


ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DA CEN- DA AVSPE- DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE.




Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 12:40


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2012

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031