Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 20.08.12

o grande codificador da doutrina espírita


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 17:56

Segunda-feira, 20.08.12

O ESPIRITISMO E OUTRAS RELIGIÕES


O ESPIRITISMO E OUTRAS RELIGIÕES

“Os incrédulos estão por toda parte. E o pior de tudo é que se tornam cegos e desconfiados. Já os que afirmam que a Bíblia é a palavra de Deus, demonstram negativas as afirmações do Cristo de que, nenhum ser hominal tem a primazia de ver o Pai Maior e muito menos conversar com Ele. Jesus não escreveu nada e os Evangelhos foram iniciados 70 anos após a sua morte. O direito de não acreditar é respeitado, mas a condenação de uma crença é algo abominável.” (Antonio Paiva Rodrigues).

Alguns vídeos do youtube trazem polêmicas sobre a figura exemplar do grande espírita Francisco de Paula Cândido Xavier. Marília Gabriela ao entrevistar o padre Fábio de Melo, indaga se ele acredita no Espiritismo e na Reencarnação. Ele afirma que não, mas fala na bondade do grande Chico Xavier, pelo que ele fez pelos mais fracos e oprimidos, o considerando um homem bom e logicamente filho de Deus. Nega também as psicografias escritas através das mãos de Chico.  Em outro vídeo, que narra um programa televisivo, o apresentador exaltado indaga a um pastor se ele acredita no Espiritismo. A resposta é quase a idêntica a do padre aqui epigrafado, no entanto, o pastor vai mais além citando as passagens de Isaías 8:19: 20, Deuteronômio 18, e se borra todo ao afirmar que os espíritos que Chico Xavier recebia eram demônios personificados e citou o caso da serpente em Gênesis, que tentou Eva no paraíso.

O programa tem a seguinte nomenclatura: “Na Mira da Verdade”. Aqui fazemos uma pequena indagação: “A Igreja Católica do Padre Fábio de Melo ao iniciar suas atividades começou com a crença na reencarnação, mas por imposição da mulher de Justiniano, que era prostituta e que mandou executar 500 delas, obrigou ao seu marido acabar com a reencarnação, pois não queria reencarnar novamente como prostituta, negra e escrava”. Pura discriminação. É bom lembrar que: “Os corpos são compostos dos quatro elementos básicos: oxigênio; hidrogênio; azoto e carbono. Com a morte, esses elementos se dispersam e entram na composição de outros corpos, tão bem que ao cabo de um certo tempo o corpo inteiro é absorvido. Nesse caso é impossível a ressurreição. O padre Fábio de Melo precisa estudar mais um pouquinho de física, química e biologia, para entender da ciência criada por Deus celestial. “Até meados do século VI, todo o Cristianismo aceitava a Reencarnação que a cultura religiosa oriental já proclamava milênios antes da era cristã, como fato incontestável, norteador dos princípios da Justiça Divina, que sempre dá oportunidade ao homem para rever seus erros e recomeçar o trabalho de sua regeneração, em nova existência.

Aconteceu, porém, que o segundo Concílio de Constantinopla, atual Istambul, na Turquia, em decisão política, para atender exigências do Império Bizantino, resolveu abolir tal convicção, cientificamente justificada, substituindo-a pela ressurreição, que contraria todos os princípios da ciência, pois admite a volta do ser, por ocasião de um suposto juízo final, no mesmo corpo já desintegrado em todos os seus elementos constitutivos. É que Teodora, esposa do famoso Imperador Justiniano, escravocrata desumana e muito preconceituosa, temia retornar ao mundo, na pele de uma escrava negra e, por isso, desencadeou uma forte pressão sobre o papa da época, Virgílio, que subira ao poder através da criminosa intervenção do general Belisário, para quem os desejos de Teodora eram lei.

E assim, o Concílio realizado em Constantinopla, no ano de 553 D.C, resolveu rejeitar todo o pensamento de Orígenes de Alexandria, um dos maiores Teólogos que a Humanidade tem conhecimento. As decisões do Concílio condenaram, inclusive, a reencarnação admitida pelo próprio Cristo, em várias passagens do Evangelho, sobretudo quando identificou em João Batista o Espírito do profeta Elias, falecido séculos antes, e que deveria voltar como precursor do Messias (Mateus 11:14 e Malaquias 4:5). Ressalte-se que a própria Bíblia na transfiguração Jesus no Monte Tabor conversa com os Espíritos (segundo o pastor acima mencionado de demônios personificados) de Elias e Moisés. A Religião Protestante é uma ramificação da igreja católica, criada pela dissidência de Lutero com os seus superiores, pois não aceitava os horrores que a ICAR praticava na época. O que dizer da Inquisição; das cruzadas, dos Templários, e outras violências praticadas pela igreja em alusão contra os que discordavam de seus dogmas.

Domingos de Gusmão no ano de 1215 queria obrigar judeus, mouros e protestantes a rezar o terço, mas como todos se negaram ele mandou executar 60.000 de uma vez só. E por esse ato “heroico” ele foi canonizado e tornado santo. Na guerra dos 30 anos os protestantes também pintaram e bordaram e até a inquisição fez parte do teatro de operação da guerra. De 1618 a 1648 católicos e protestantes lutaram estrenuamente e as tensões religiosas cresceram na Alemanha no último quarto do século 16. Durante o reinado de Rodolfo 2o, a ação católica foi extremamente agressiva. Foram destruídas várias igrejas protestantes, além de uma série de medidas contra a liberdade de culto. A vinculação entre o Império e a Igreja fazia com que os ideais de independência política tivessem um viés religioso, como é o caso da Boêmia, palco dos episódios que se constituíram no estopim do conflito. Mortes de um lado e mortes do outro era uma verdadeira luta pelo poder religioso.

Em 1555 foi assinada a Paz de Augsburgo, a partir da qual os príncipes alemães passaram a ter o direito de definir a religião em seus territórios. O desfecho de 25 anos de guerra representava o enfraquecimento do poder imperial-católico e o fortalecimento da nobreza e de parte da burguesia, que havia aderido ao luteranismo. A conversão de elementos da nobreza a nova religião representava uma forma de oposição às tentativas do imperador em tornar-se absolutista, e trazia ainda a cobiça em relação às terras da Igreja. Em 1556 o imperador Carlos V abdicou e os territórios do Sacro Império foram divididos entre seu irmão Fernando, que recebeu os domínios austríacos e germânicos e seu filho Felipe, que ficou com as demais regiões.

Sabemos que a Igreja foi uma poderosa instituição medieval. Mas entre os séculos XI e XIII, ela passou por diversas crises e mudanças, surgindo daí inúmeros movimentos que criticavam seus valores e posturas: As heresias, que contestavam certos dogmas da Igreja Católica e por isso foram duramente perseguidas; as ordens mendicantes, correntes internas que questionavam a preocupação da Igreja com as questões materiais; as reações da própria Igreja para combater esses movimentos, principalmente a reforma gregoriana (do papa Gregório VII, na primeira metade do século XI) e a instituição da Santa Inquisição, no século XIII. A partir do século XV as críticas à Igreja Católica retornaram, ganhando muitas forças no século XVI. Os conflitos e as diferenças dentro da Igreja tornaram-se tão séria neste século, que acabaram gerando uma cisão na cristandade por meio da Reforma Protestante. 

A Bíblia que afirmam ser a palavra de Deus foi profanada, visto que foram subtraídos da original sete livros. Uma religião ficou com 73 e a outra com 67. Voltando ao Espiritismo e as acusações a Chico Xavier nós indagamos quem psicografou os mais de 423 livros atribuídos a ele? Macaco nunca olha para seu rabo, pois a comunicação com os espíritos era explícita na Bíblia e houve bastante polêmica acerca dos eventos registrados em 1 Samuel 28:7-20. Nesta passagem, o primeiro rei de Israel, Saul, já nos últimos dias da sua vida, pede para uma necromante invocar o espírito de Samuel. Saul quer pedir conselhos de Samuel apesar de Samuel, ainda com vida, ter se recusado a dar mais conselhos. Aparentemente, Samuel aparece e se comunica com Saul, confirmando o que já havia profetizado que Deus virou contra ele e que deu o reinado dele a outro – Davi. (profetização nos dia de hoje significa mediunização).

A polêmica se levantou na interpretação desta passagem em relação à possível comunicação com os mortos. Alguns acreditam que Saul de fato comunicou-se com Samuel. Outros acreditam que não. Dos que acreditam que Saul não se comunicou com Samuel, há quem acredite que Saul foi enganado pela necromante. Outros afirmam que foi um espírito enganador, talvez até um demônio que se comunicou com Saul. Evidentemente, uma das preocupações dos intérpretes é com a possibilidade de reconhecer que a comunicação com os mortos é possível. Apresentaremos os indícios que nos levam a crer que de fato Saul falou com o espírito do profeta morto Samuel. Em seguida apresentaremos evidências para confirmar esta conclusão. Finalmente, examinaremos a questão das implicações desta interpretação. 

Tomando como fonte o site: http://www.hermeneutica.com/estudos/1samuel28-01.html/destacamos: A evidência mais convincente de que Saul de fato se comunicou com o profeta morto Samuel é o testemunho da própria Bíblia. Veremos esta evidência com uma análise do próprio texto da passagem. Às vezes os intérpretes esquecem um dos princípios básicos da interpretação – o exame detalhado do texto. Como resultado, alguns começam a atribuir, sem fundamento, palavras ou conceitos ao texto que jamais existiam na Palavra. Na nossa análise da passagem veremos que um exame objetivo do texto, mesmo em tradução, revelará que de fato Saul se comunicou com o espírito do falecido Samuel.

A passagem começa com Saul movido pelo medo à procura da médium de En-Dor (1 Sam 28:5-10). Os filisteus juntaram um grande exército contra Israel e, no início da passagem em questão Saul começa a perceber que ele vai perder a guerra. Ele pede para a médium ou necromante de En-Dor chamar Samuel (v.11), o profeta já morto (v.3). Samuel havia o guiado antes, mas o deixou depois que ele desobedeceu ao Senhor (1 Sam 15:26). Numa sessão de necromancia digna de um filme de terror, Saul se junta com a mulher quando ela tenta trazer de volta para esta vida o espírito do falecido Samuel. Assustada com a aparição do ser que ela invocou, a mulher grita em alta voz (v. 12).

Quando a mulher descreve o homem que ela vê, Saul entende que é Samuel (vv.12-14). Alguns intérpretes se detêm muito com a percepção de Saul, como se o resto do relato fosse apenas descrever o que Saul entendeu. No entanto, o relato segue no formato do resto do livro de Samuel, dando a entender que o que está sendo contado de fato ocorreu. Em nenhum momento nos versículos posteriores há qualquer indício de que aquilo que é relatado seja fruto apenas da imaginação de Saul ou que a mulher o enganou. Não há palavras como “entendeu” ou “imaginou” descrevendo o que aconteceu. Em v. 15, por exemplo, quando a passagem relata as primeiras palavras do ser que apareceu, o versículo não diz “Aquele que Saul pensou ser Samuel disse...” ou “Aquele que Saul entendeu ser Samuel falou...”. A passagem diz “Samuel disse a Saul...”. 

Estas palavras são as mesmas nas traduções de Almeida Atualizada e Corrigida e na Bíblia de Jerusalém. A NVI apenas muda para “Samuel perguntou a Saul”. Ou seja, as principais traduções em português dão a entender que aquilo que é relatado se baseia em fatos verídicos. Portanto não há evidências no texto que apoiam a interpretação de que Saul se confundiu ou que a necromante o enganou. Logo em v.12 vemos o primeiro indício de que aquele que apareceu foi de fato Samuel. V.12 - “Vendo a mulher a Samuel, gritou em alta voz...” Lendo a passagem em português fica evidente que a mulher viu o próprio Samuel. A passagem não diz “A mulher disse que era Samuel” nem “A mulher fez de conta que era Samuel”, mas “Vendo a mulher a Samuel...”. 

O texto da própria Bíblia dá a entender que o que a mulher viu foi Samuel. Isso fica claro no português da Almeida Revista e Atualizada. Mas, para quem tiver dúvidas ainda, apresentamos em seguida o texto no original em hebraico e na tradução para grego da Septuaginta com interlinear em português: pois é prezados amigos poderíamos aqui passar vários dias nos dedicando a essa controvérsia, o nosso confrade Católica Vivaldo J. de Araújo explica muito bem todos os fatos. O Espiritismo não discorda da ressurreição, no entanto ela tem que acontecer através do espírito e que Paulo, o apóstolo falava em suas cartas em Corpo Espiritual. Jesus ao ressuscitar passou 40 dias e 40 noites na Terra materializado, usando uma substância denominada de Ectoplasma.

 

Paulo afirmava sempre que no mundo espiritual não havia lugar para carne e sangue, já que todo ser humano é possuidor de um “Corpo Espiritual” que Kardec chamou de Perispírito. (Grifo nosso). A Doutrina para os que a condenam foi uma das poucas crenças que cresceu sem nenhum tipo de violência, pois seu lema é “Fora da Caridade não há Salvação”. Só um lembrete e o caso de Medade e Eldade que foram dizer que os dois estavam profetizando e Moisés afirmou o seguinte: ah! Se todo o povo de Israel profetizasse! Morto para o querido Mestre Jesus é aquele ser humano que não tem fé, que pratica o mal e é altamente materialista e isso ficou comprovado quando da ida de Jesus em companhia de Pedro, João e Thiago ao Monte Tabor e convidou um moço a segui-lo. 

 

O moço aceitou o convite, mas que seguiria depois, pois tinha que enterrar seu pai e Jesus de pronto afirmou: “Deixai que os mortos enterrem seus mortos”. Os senhores que condenam a Doutrina Espírita se contradizem a todo instante, mesmo afirmando que leem a palavra de Deus e acusam injustamente uma doutrina que prega o bem sem olhar a quem. Sejam mais sensatos e ajudem os mais necessitados com os milhões que arrecadam, pois Jesus pregava a riqueza de espírito e não a material. Na realidade vocês estão adorando a Mamon e não ao Pai Maior. Pense nisso!

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DA AVSPE- DA AOUVIRCE E DA ALOMERCE






Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 17:56

Domingo, 19.08.12

OS POLÍTICOS ENXERGAM DEMAIS!


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 19:55

Domingo, 19.08.12

VOCÊ É CAPAZ DE ACREDITAR?


VOCÊ É CAPAZ DE ACREDITAR?

Fale menos a respeito de si mesmo”. O egocêntrico em tudo põe o seu “eu’”. Não diz: “eles precisam disto”, mas “eu preciso disto”. “Eles Gostam...”, mas “eu gosto”. Assim por diante: “eu sou, eu quero, eu gosto, eu faço...”, nunca inclui os outros e suas necessidades. “Não se comporte assim, vendo-se isoladamente e nunca seja egoísta”.

O Planeta Terra sempre foi um orbe gigantesco perdido no firmamento, mas nunca esteve tão solitário, visto que outros planetas e estrelas fazem o ecrã do Universo maravilhoso criado por um Ser Supremo conhecido por Deus. Além de Onipresente, Onipotente e Onisciente, é a Inteligência Suprema causa primeira de todas as coisas. A paz, a união, o amor universal deveriam ser pontos fortes para felicidade dos habitantes da terra, no entanto, a imperfeição humana tem distorcido as diretrizes e os azimutes traçados pelo Pai Maior. Fomos criados para transcender todas as diferenças, sejam de origem religiosa, cultural e econômica. Os animais racionais, homem e mulher, bem como plantas e animais irracionais formam a psicosfera terrestre com suas belezas e seus contrastes.

Grandes homens, seres altamente inteligentes estiveram aqui e a grande responsabilidade da geração atual é conhecer a fundo os benefícios e o legados que eles deixaram para nossa geração. Amor, compaixão, humildade, respeito e gratidão são valores universais que foram transmitidos desde a criação da raça humana. Diante de tantas incursões importantes e conotação de palavras divinas, não entendemos por que o homem deixa de amar o seu próximo e passa a dominá-lo e a vontade de tirar a vida de seu semelhante é questão de tempo. Um mundo mais bem aproveitado por seus habitantes deve auferir pequenas e grandes atitudes todos os dias. A vida humana nunca foi tão desprezada por pessoas de má índole, visto estamos constantemente sujeitos a violência desordenada e destruidora.

Nossos políticos, aqueles que escolhemos como nossos representantes aderiram de vez à corrupção, ao vil metal e esqueceram-se de nos representar perante o parlamento e a ambição maior é a locupletação. É verdade que toda regra tem exceção, mas é tão insignificante que passa despercebida. Ficamos tristes e envergonhados quanto tomamos conhecimentos de notícias dessa extirpe: “R$ 1 trilhão, é o montante que o Brasil tem depositado em paraísos fiscais”. Essa soma dá ao País a quarta posição entre as nações com maiores fortunas para centros de sonegação. A liderança está com a China: US$ 1,189 bilhão. Os dados são da organização inglesa Tax Justice Network. Enquanto essa fortuna sai do Brasil sem ninguém interferir milhares de crianças morrem de fome e subnutrição no País, onde a política é a mais injusta possível.

 
ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI DA ACE- DA UBT- DA AVSPE- DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE.




Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 19:53

Quarta-feira, 15.08.12

OS 38 QUADRILHEIROS DO MENSALÃO

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 15:15

Quarta-feira, 15.08.12

ESTELIONATO E JULGAMENTO POLÍTICOS


ESTELIONATO E JULGAMENTO POLÍTICOS



“Observe se você não está se excedendo no ritmo de vida. Nos nossos dias, é muito natural à pressa diária no atendimento de medidas ou resolução de problemas que não podem esperar par depois. No entanto, evite o excesso. Ele pode ser a sobrecarga que o seu sistema nervoso não tem condições de suportar. Pense nisso!”



A frase acima enunciada tem uma sinonímia bastante forte, bem como desabonadora de conduta para quem as pratica. Refere-se à fraude de quem cede, vende ou hipoteca uma coisa, ocultando que esta já estava cedida, vendida ou hipotecada a outrem. Não deixa de ser um crime como os demais, pois a enganação e a maldade estão intrinsecamente ligadas para fortalecer o egoísmo do ser humano que convive com o estelionato. Esses tipos de crimes já são banais aqui no Brasil, mas, porém, todavia, contudo os envolvidos procuram se safar contratando advogados de renomes, para provar o improvável. Quem pratica o estelionato é alcunhado de estelionatário. Estelionato no Congresso Nacional pode crer. Polícia Legislativa investiga quadrilha de golpistas que se passam por assessores e parentes para arrancar passagens aéreas e até dinheiro dos parlamentares.



Investigações preliminares indicam que, no mês de julho/2012, ao menos seis deputados fizeram transferências bancárias para contas de golpistas. Não existe um número certo de vítimas, entretanto, o golpe vinha sendo aplicado sem constrangimento. É de se estranhar como uma organização criminosa consegue se instalar no Congresso Nacional? Ou o Congresso é inseguro ou existe facilidade para os criminosos agirem livremente. Vários parlamentares foram iludidos e a assessoria desses deputados engoliram tudo sem se engasgar. Todo crime bem sucedido tem a anuência de alguém, para que a facilidade seja o ponto alto da ação dos estelionatários. A vice-presidente da Câmara, Rose de Freitas, mandou ofício alertando sobre os golpes. Os deputados Renan Filho e Devanir Ribeiro escaparam da cilada.  É minha gente tem cobra engolindo cobra no parlamento brasileiro. Já no julgamento do século, depois de sete anos, o Supremo Tribunal Federal (STF) inicia o julgamento dos 38 réus do mensalão. Como a tendência é pela punição, o clima entre acusados é de salve-se quem puder. Os advogados dos acusados afirmam veementemente que seus constituintes ou clientes como queiram são inocentes e, tudo que ocorreu na duração do mensalão no máximo foi um caixa dois. Seria de bom alvitre que no caso dos acusados serem absolvidos, que todos fossem canonizados e tornados santos, nem que sejam santos do pau oco. A palavra mistificar significa abusar da credulidade de alguém, burlar, embair, enganar, lograr, ludibriar.



Porém os advogados dos réus querem fazer o contrário, desmistificar os que afanaram o dinheiro público e torná-los inocentes perante a sociedade brasileira. Se os mensaleiros não forem punidos e obrigados a devolver toda riqueza afanada, o Brasil pode fechar as portas, visto que a imunidade e a impunidade é muito mais forte que a decisão da Suprema Corte. Os 38 réus do maldito mensalão: Delúbio Soares, Anderson Araújo, Antônio Lamas, Anita Leocádia Pereira da Costa, Ayanna Tenório, Breno Fischberg, Carlos Alberto Quaglia, Carlos Alberto (Bispo Rodrigues da IURD), Cristiano Paz, Emerson Palmieri, Duda Mendonça, João Paulo Cunha, Enivaldo Quadrado, Geiza Dias, Henrique Pizzolato, Jacinto Lamas, João Cláudio Genu, João Magno, José Luiz Alves, José Roberto Salgado, Marcos Valério, Paulo Rocha, José Rodrigues Borba, José Dirceu, José Genoíno, Kátia Rabello, Pedro Henry, Professor Luizinho, Ramon Hollerbach, Rogério Tolentino, Romeu Queiróz, Simone Vasconcelos, Vinícius Samarane, Zilmar Fernandes, Luiz Gushiken, Pedro Corrêa, Roberto Jefferson, Waldemar da Costa Neto.



Dizem os especialistas que as explicações dos advogados dificilmente serão aceitas. José Dirceu anda abatido e Delúbio diz que “deu errado” na sede da CUT, a engenharia montada para quitar dívidas do PT e que tudo desmoronou. Achamos atitudes incoerentes de Ministros do Supremo, ter simpatias e ser ligados a partidos políticos. Ricardo Lewandowski e Dias Toffolli, ligados ao Partido dos Trabalhadores, devem acatar a tese de crime eleitoral, defendida pelo PT, segundo relato de técnicos do próprio Supremo. (Fonte Revista “Isto É, 2220 de 1º.”./08/2012). O Brasil e o povo brasileiro estão nas mãos de 11 ministros que darão a sentença. Luiz Fux, Gilmar Mendes, Cármem Lúcia, Celso de Mello, Joaquim Barbosa, Carlos Ayres Brito, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Marco Aurélio de Mello, Cezar Peluso e Dias Toffoli. Quem vencerá essa batalha política no teatro de operações que funcionará no Supremo Tribunal Federal? Façam suas apostas, distribuas suas fichas, que tudo pode acontecer no País do Tudo e do Nada. Esperamos um tanto ansiosos essa refrega política e que Deus se compadeça de nós cidadãos brasileiros. Pense nisso!



ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA AOUVIRCE- DA ACE- DA UBT E DA AVSPE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 15:06

Terça-feira, 14.08.12

UM GRANDE AMOR


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 20:59

Terça-feira, 14.08.12

O AMOR CORRESPONDIDO


O AMOR CORRESPONDIDO


Os grandes poetas anunciavam as delícias de um forte amor,
Já que ele não se vê como paixão, mas como ardor no coração.
Somos eternas crianças mimadas, tudo desejamos sem contrapor,
Para vivermos melhor em profusão com felicidade, ternura e emoção.


Na saúde debilitada, o corpo se fortalece, através do amor correspondido.
Não existem medidas para amantes inveterados, nem resistência
aos afagos sentimentais,
Mais e sempre mais, é como batalha fácil de iniciar e difícil de
terminar, por isso é sentido,
Com fervor, paixões, mas sem ilusões que nos transformam em
sublimes imortais.


Mesmo sem compensação é melhor do que a temida solidão,
O primeiro amor é misto de loucura e muita curiosidade.
De sensações, vibrações, conquistas, sofrimentos e decepção,
A distância não é obstáculo é azimute que busca saciedade.


Ao final de toda caminhada, da busca desenfreada vem à vitória,
A união selada, a flor desabrochada e as carícias se prolongaram.
Num só corpo o amor calcificou a nossa união em virtude e glória,
Beijos prolongados entoaram a canção que inebriou os nossos desejos, 
que jamais terminaram.




ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ACE-
DA UBT - DA AVSPE- DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE



Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 20:57

Sexta-feira, 10.08.12

OS PERIGOSOS MENSALEIROS


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 17:27

Sexta-feira, 10.08.12

VALERIODUTO INTERMINÁVEL


VALERIODUTO INTERMINÁVEL

“O amor para durar tem de ser também confiança, também estima. Isto é, deve adquirir algumas das propriedades da amizade. O mais belo estado da vida é a dependência livre e voluntária; e como seria ela possível sem amor?” (frases românticas).

A história tantas vezes lida, repassada e contada por integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) tinha um viés por demais intrigante, principalmente para aqueles eleitores que gostam de seriedade, de confiança e honestidade. Almejamos que as luzes de nossos olhos possam ver todos os políticos e empresários corruptos, pagando por seus crimes e devolvendo todo dinheiro surrupiado dos cofres da nação. Causa-nos estranheza o responsável em comandar os destinos da nação, anunciar em alto e bom tom que de nada sabia da existência de corrupção e corruptos em seu governo. De duas uma, ou o ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva concordava com as falcatruas dentro do seu governo, ou estava totalmente cego. 

O famigerado valerioduto continua operando no Brasil, mesmo que o Supremo Tribunal Federal (STF) esteja julgando todos os envolvidos no maior sistema de corrupção já visto no Brasil. Será que o ex-presidente também não presenciou o “milagre” acontecido com seu filho Lulinha, que saiu do Instituto Butantã onde recebia aproximadamente R$ 1.500 reais e, hoje é acionista da Telemar Oi, proprietário de fazendas no estado de Goiás e exportador de carnes. Como um ser humano enriquece com tanta rapidez? É inacreditável tão acontecimento. Como o ex-presidente aumentou assustadoramente seu patrimônio em oito anos de governo recebendo salários dos cofres públicos da nação? 

Queríamos saber qual o “Modus Operandi”usado por Lula para enriquecer juntamente com seus familiares. A Pátria Amada tem se tornado uma mãe exemplar para seus filhos ingratos, notadamente aqueles que usaram o protecionismo para executar uma verdadeira lavagem cerebral nos menos aquinhoados. “Não dê peixe ao homem, mas ensine-o a pescar”. Com as famigeradas bolsas distribuídas pelo PT nasce uma nova classe de comunidade em nosso País, os acomodados. Investigações do Ministério Público indicam que empresas ligadas ao publicitário Marcos Valério continuam a receber recursos públicos por meio de contratos feitos com pelo menos dois ministérios e estatais, alguns já comprovadamente superfaturados. Para o Ministério Público, o publicitário do mensalão é um arquivo vivo que promove um jogo de barganhas para manter o silêncio.

A Revista “Isto É” revela a nova face do velho valerioduto. O esquema Valério tem toda uma cronologia criminosa e maldosa contra o povo brasileiro. “Em novembro de 2003, a Câmara Legislativa do Distrito Federal entrega sua conta de publicidade para o consórcio formado pela SMP&B e a agência paulista M.Cohen. No dia 20 de setembro de 2004, é assinado o primeiro termo aditivo. Nove dias depois, a M.Cohen muda a razão social para DCR Comunicação, de Sidney Campos. Após seis meses, ele entra formalmente na sociedade.”   Já em junho de 2005, Roberto Jefferson denuncia o mensalão, e Marcos Valério surge como operador do esquema. Meu Deus como a justiça brasileira demora a se manifestar em casos envolvendo políticos e grandes empresários!  

Se um simples morador de rua adentrasse a um supermercado e furtasse um saco de biscoito e um pacote de leite para saciar a sua fome com certeza já estaria recolhido a um dos presídios  existentes no território brasileiro. Já em outubro, um mês antes da assinatura do segundo adotivo, a SMP&B envia carta a Câmara informando o encerramento das atividades em Brasília. A DCR passa a controlar o contrato. Mesmo não fazendo parte formalmente do contrato, planilhas da Câmara indicam que a SMP&B recebeu pagamentos. Notas fiscais foram emitidas em nome da DCR, mas com CNPJ da agência de Marcos Valério. Só no terceiro trimestre de 2006, foram mais de R$ 5 milhões. 

O pior de tudo é ter que ouvir desculpas esfarrapadas de advogados dos réus afirmando que seus constituintes são inocentes. Vejam outra aberração senhores: “o contrato recebeu um total de cinco aditivos, saltando de R$ 9 milhões para R$ 52 milhões. Encerrou-se em 2008, ano em que Sidney Campos deixa a sociedade e passa a operar com a DCR Marketing e Propaganda.”. No mesmo ano o publicitário abocanha contrato de R$ 5 milhões com o Ministério do Esporte, sucedendo justamente a SMP&B de Valério na pasta. A DCR entrou em vários órgãos públicos e mudou o nome para Fields. Sidney conseguiu no ano de 2011 a conta de publicidade da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, num valor total de R$ 44 milhões. Que vergonha MY God. É muita sujeira e deslealdade num governo que nada enxergou e tudo passou despercebido como se usassem vaselina para outros fins.

Valério Mantém um alto padrão de vida. Nos últimos anos, comprou duas casas em bairros nobres de Belo Horizonte. A maquiagem nos documentos oficiais permitiu que a agência de Marcos Valério embolsasse, só no período do ano de 2006, mais de R$ 5 milhões. Auditores do Tribunal de Contas do Distrito Federal, com base em questionamento da procuradora Cláudia Fernanda, além de considerarem ilegal a prorrogação do contato após a saída da SMP&B, também identificaram um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 4 milhões e, isso numa simples amostragem de 40% das notas fiscais.

Estimados amigos leitores estamos convencidos de que nosso povo desconhece totalmente as nuanças da política brasileira. Se nosso povo fosse esclarecido e conhece a fundo os seus direitos esses larápios já estariam mofando atrás das grades. O lamaçal é tão grande, a fedentina insuportável, visto que essas hienas comem tudo de bom, entretanto, o sobejo fica para quem coaduna com eles. Réu do mensalão Rogério Tolentino dividiria os lucros da T&M Consultoria com Marcos Valério, segundo afirmação do Ministério Público. Em 2007, a empresa ID2 Tecnologia, com sede em Brasília, contrata a T&M e paga R$ 220 mil por serviços de “consultorias”. Investigações do Ministério Público mineiro  mostram que Marcos Valério é sócio oculto da T&M Consultoria, apesar de oficialmente o único acionista ser o advogado Rogério Tolentino. Fonte: Revista “Isto É” de 8/08/2012-ano 36-nº. 2230. 

Um ano após da parceria da pequena ID2 deslancha e começa a vencer licitações em órgãos públicos. No Ministério do Turismo, é fechado contrato de R$ 15 milhões em 2009. Já no ano de 2010, a ID2 é contratada também pelos Ministérios da Saúde e dos Transportes pelo valor de R$ 14 milhões cada. No ano de 2011 os contratos da ID2 começam a ser analisados pelos órgãos de fiscalização. ACGU anuncia que no Ministério do Turismo houve superfaturamento de R$ 11 milhões, e o TCU descobre que serviços contratados no Ministério da Saúde não foram prestados. Infelizmente, estão acabando com o nosso Brasil e o ex-presidente Lula com tanta parafernália no seu governo, abre a boca e diz que não sabe de nada. Pode Freud? Relator do mensalão, o Ministro e futuro presidente do STF Joaquim Barbosa vai propor que os condenados no processo cumpram as sentenças logo após o término do julgamento pelo Supremo.

Sabemos da lisura do ministro Barbosa e sua intenção de passar tudo a limpo, no entanto não sabemos como votarão os demais ministros da Corte Suprema Brasileira. A vitória está reservada aos otimistas. O pessimismo é contrário às leis e favorece aos culpados. Devemos trabalhar sempre servindo bem, pois trabalhar sério e honestamente está em nível com a dinâmica universal. O Brasil vive momentos difíceis e decisivos, visto que o Supremo Tribunal Federal não pode ir contra a vontade do povo. O povo clama por justiça e quer todos os envolvidos no mensalão na cadeia e devolvendo todo o dinheiro surrupiado dos cofres públicos da nação. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DA AVSPE- DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 17:25



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031