Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Terça-feira, 03.07.12

UM DOS MAIORES CORRUPTOS DO BRASIL


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 13:39

Terça-feira, 03.07.12

PARALELISMO POLÍTICO


PARALELISMO POLÍTICO

“Grandes homens tiveram pais pobres e deficiências físicas, mas a tudo venceram. Abraão Lincoln e Thomás Edison tentavam e fracassavam Hellen Keller, não via, não ouvia e nem falava, o Aleijadinho perecia, mas, com fé em Deus - e, em si mesmos, marcaram presença e fizeram história”. (Lourival Lopes).


Pode até transparecer uma maneira impositiva falarmos de política e de políticos, no entanto, não existe extasia, nem expurgo, por parte dessas autoridades, que a todo instante tornam seus eleitores excludentes, como estivesse se evadindo das responsabilidades a eles inerentes. A maioria age assim. Podemos ilair sem medo de errar, visto que as atitudes praticadas pelos políticos desonestos os tornam hidrocefálicos, e são impositivos no ato de governar. Os senadores Pedro Taques, Pedro Simon e, o deputado - Miro Teixeira querem instaurar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) paralela. Pode ser provida de bom senso, mas julgamos desnecessária, visto que as normais nunca surtiram o efeito desejado. São apenas discussões, bate-bocas, que no final das contas não se chega a um denominador comum. As Comissões Parlamentares de Inquérito no Brasil não passam de pedras de gelo dentro de vasilhas com farinha. Ao final já sabemos qual será o final.


Diante do desinteresse da CPI do - Cachoeira em ir além do que a Polícia Federal já apurou, parlamentares criam uma comissão alternativa. O primeiro passo será ouvir o ex-diretor do Dnit, Luis Antônio Pagot. O grupo de parlamentares que quer driblar a inércia da CPI também vai facilitar o acesso a documentos considerados indecifráveis até por técnicos legislativos. Será uma incursão sem informes e respaldos, apesar da euforia dos três políticos. Não será uma comissão indefectível com certeza. No governo do ex-presidente Collor, foi graças ao trabalho paralelo de políticos combativos que se conseguiu avançar nas investigações sobre a rede de corrupção montada por Paulo César Farias, o PC.


Na época os políticos tinham mais vontade em apurar fatos deletérios que floresciam na política brasileira, hoje os que estão aí querem compartilhar das benesses do mensalão, do - Cachoeira e de outras atividades deletérias que transformam a nossa política em verdadeira bandalheira. Por que obrigação imposta a Fernando Collor pedir o impeachment, e no governo Lula, apenas passaram a mão na cabeça parabenizando-o pela sua falta de visão, pois em declaração ele afirmou não ter visto e não saber de nada. Ex- diretor do Dnit, Luis Antônio Pagot topou falar o que sabe em uma coletiva organizada pela CPI paralela. Uma solução que mudaria a situação da política brasileira seria a convocação de outra constituinte acabando, exterminando com a imunidade e a impunidade dos políticos como ocorre nos Estados Unidos da América do Norte.


Os desafios da CPI alternativa seria ouvir o ex-diretor do Dnit, Luis Antônio Pagot, sobre as relações de políticos com a construtora - Delta.  Convidar testemunhas ligadas a Cachoeira que possam ajudar a elucidar as dúvidas sobre o alcance do esquema montado pelo contraventor. Acessar os sistemas de informática em que constam informações sobre a quebra dos sigilos dos investigados. Montar uma equipe de assessores e especialistas capaz de fazer o cruzamento de dados dos acusados. Fonte: Revista “Isto É”.  A cada dia que passa a nossa desconfiança aumenta e a sensação de impunidade continua cada vez mais forte.


Na memória dos capitães da CPI paralela também está à apuração feita longe das sessões oficiais da CPI do Orçamento, que no ano de 1993 apurou o esquema de desvio de dinheiro público por meio de emendas parlamentares. Se a corrupção está imantada dentro do próprio parlamento como fazer para que os envolvidos sejam punidos? Os de bom senso sabem como, no entanto, não têm força ou não contam com o apoio necessário. As falcatruas do - Cachoeira continuam surgindo e ainda não colocaram esse larápio na cadeia.  Se fosse um pobre coitado já estaria com os costados num presídio. E ainda afirmam que a lei é igual para todos.


O mais estranho é que os que se envolvem no rol da corrupção e os que sabem demais têm mortes duvidosas. Paulo César Farias foi uma das vítimas, Toninho do PT outra, Celso Daniel teve morte trágica e o cenário que traçaram sobre a morte do ex-prefeito de Campinas-SP foi nebuloso. O corpo de Ulisses desapareceu como por encanto. Novo período de eleição se aproxima e as nuvens negras já se apresentam e o temporal corruptivo poderá ser o maior da história do Brasil. Lula faz parceria com Paulo Maluf, Hadadd com Alfredo Nascimento é uma imoralidade atrás da outra. Conseguiram exterminar a nossa cidadania, hoje sofremos horrores com baixos salários, desempregos, social desgastado, violência, tráfico de drogas, e de influências, troca de favores políticos, o homem acusado de estar com dólares na cueca foi absolvido e os fichas-sujas vão poder participar das eleições de 2012, por decisão da justiça. Como podemos acreditar que esse é o País que vai para frente? Com tanta corrupção e locupletação, o que nos resta é muita oração, visto que somente Deus poderá solucionar o problema de nosso querido Brasil, visto que ataram as mãos e os és de todos os militares.


Mas, será a vivência na vida um conformismo inoperante? O embotamento psicológico, o atender a exigências vãs, o estagnar expectante de oportunidades melhores, será esse o motivo pelo qual fomos plantados? São perguntas oportunas para meditarmos. Aqui no Ceará o governador numa decisão polêmica resolveu extinguir o Hospital da Polícia Militar e jogar todos os militares e dependentes num plano falido de nome Issec, onde os que descontam em favor desse malfadado plano só podem fazer uma consulta por mês, e uma consulta a especialista pode demorar mais de ano.


Queríamos que alguém de bom senso olhassem com bons olhos para os que fazem o social no Ceará, pois além de ganharem mal nem direito a uma boa saúde têm, enquanto isso, Cid Gomes gasta milhões na construção de um Aquário. O respeito ao brasileiro por parte de um grande número de políticos inexiste. Pense nisso!


ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DA AVSPE- DA AOUVIRCE E DA ALOMERCE.


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 13:38

Pág. 3/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031