Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Sábado, 04.12.10

...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 18:38

Sábado, 04.12.10

FESTA DE NATAL

FESTA DE NATAL


No calvário, martírio e sofrimento, na vida dores e lamento. Na canga jugo e opressão. Na árdua luta do dia a dia equivocadas alegrias. Convivemos com indolências e autoridades iníquas. Como iremos partilhar mesas fartas, enquanto existir no mundo crianças famintas. Como vamos partilhar o peru se crianças morrem de fome e ficam as espreitas dos urubus. O tribunal dos antigos condenam os novos e os novos tribunais condenam os mais antigos. A ociosidade do brasileiro se transforma em fome e miséria e esses vieses, em violência. Como comemorar um natal com esperança e um ano melhor, se os políticos desonestos, através da justiça injusta conseguem manobrar o errado e transformá-lo em correto.

Que pegureiro consegue criar suas ovelhas em paz e seja um pastor de ovelhas lucilentes. Ovelhas amestradas que só tragam felicidades a gente. A improdutividade, a preguiça mental e as corrupções são chagas dolorosas que impulsionam atos e fatos deletérios ao ser humano. Não sejamos estéreis e sim produtivos. Devemos antever prever ou prognosticar atos feéricos que engrandeçam nossos corações. Se o menino Jesus veio ao orbe terrestre na mais pura pobreza, porque as religiões primam em arrecadar bilhões em vil metal. Isso é absurdo ou natural? Devemos praticar o bem e exterminar o mal de nossas vidas.

Na festa de natal o mundo se colore, mas a vida dos mais fracos, oprimidos e estropiados se opaca. É uma desgraça que ninguém consegue resolver. É o homem explorando o mundo fazendo tudo ao contrário de como Jesus nos ensinou. A charrua do mal caminha e destrói as esperanças das crianças brasilianas. O que fazer? Não sabemos, mas os homens de boa vontade saberão. Devemos neste natal conhecer o íntimo do nosso personalismo. Reiteradas vezes usamos a proposição hercúlea de ver a alegria estampada no rosto das crianças abandonadas.

Pensamos em Papai Noel, mas ele já não é papai virou padrasto, visto que algumas crianças ganham presentes e a maioria fica só na esperança. Vamos nos espelhar, nos retratar e tomar como modelo qual herói brasileiro? Já que estamos carentes de líderes vamos reavaliar, reapreciar e reanalisar os atos insanos de nossas vidas. O desculpismo exagerado nos adoece e nos faz sofrer. Natal não é data de tristeza e sim de alegrias. Já que o natal de Jesus te emociona, elevando-te o psiquismo aos ideais reformistas de si mesmo no transpores, com o coração cheio de renovadas esperanças, o pórtico feérico do Ano Novo, aproveita o ensejo para reflexionar se cumpriste, no quando e no tanto que te foi possível, o programa redentor que elaboraste para esta etapa vivencial.

Como se desenvolve sua etapa vivencial? Tens praticado o bem sem olhar a quem? Esperamos que sim. Como dizia o irmão Reynaldo o bem eleva o homem, o mal deteriora o espírito. Vamos meditar neste natal e amealhar todas as energias positivas e doá-las as pessoas carentes. Jesus querido irmão, que o homem passe a respeitar seu semelhante, que ame mais a vida e mantenha o amor no coração. Enquanto a criança na sua intensa energia propícia à felicidade nós rejeitamos e agimos pelo instinto e pelo mal.

Querido Jesus protege-nos, coloca-nos no palmilhar do bem e que possamos ver o semelhante como irmão. Devemos fazer uma criança sorrir nessa magna data. Faça sempre como nos ensinou o Salvador: “Deixai vir a mim as criancinhas, pois elas herdarão o Reino dos Céus”. Infelizmente nossas crianças estão expostas as pragas da rua e se não tomarmos providências urgentes elas serão nossos algozes no futuro. “Conserva a simplicidade, observa onde te põe, a ambição domina os homens em todas as direções”. Que tenhamos um natal feliz, de paz, de prosperidade, de amor, onde o vetor principal seja o próximo, nossos queridos irmãos. Que Deus seja louvado!



ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA UBT- DA AOUVIRCE E DA AVSPE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 18:37


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031