Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Terça-feira, 19.05.09

...

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5337718089118009394" />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 18:51

Terça-feira, 19.05.09

A LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA

A LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA

Lutar contra a violência é possível? Com certeza. Todas as ações de cunho benéfico levam o homem a superar seus limites, tornando a vitória plausível. Este dia é seu. A essência deste dia, o seu poder são descamuflados pela sua crença no ser divino de maior força, nosso amado Deus. Suas forças se renovarão e as atitudes serão mais poderosas, a capacidade de superação não terá limites. A luta contra a violência é uma rotina natural do homem que busca a todo custo à reconstrução social. É líquido e certo que uma andorinha só não faz verão, precisamos do auxílio das comunidades e das autoridades envolvidas na construção social da população. A violência tem suas causas, mas a falta de vontade política torna as ações mais fracas e os vetores para o combate nulos.

É uma das principais preocupações da sociedade moderna, pois tem ações viróticas e atingem jovens de todas as idades e classes sociais. A pobreza, a miséria, o desemprego, o ócio nas cidades do interland, levam a decisões impensadas desta classe, como as migrações que são verdadeiras causas para protagonizar o desenvolvimento das favelas. O Brasil por ser um País continental com uma miscigenação de raças muito grande, se coloca nas condições de imantador das discriminações, dos preconceitos e das diferenças recrudescendo pontos e picos de violência em diferentes pontos de uma cidade, metrópole ou megalópole. A violência urbana pode está cimentada na discriminação racial, nos preconceitos políticos, na separação dos sexos, ou mesmo na união do mesmo sexo e na fragmentação das classes trabalhistas ou no trabalhador de um modo geral.

A política tem um papel preponderante nas causas da violência, através dos interesses políticos onde o crescimento desordenado de municípios improdutivos serve apenas como cabides de empregos. Vamos diminuir os municípios e planejar melhor o orçamento para casa Estado da Nação. Que os gastos sejam feitos com responsabilidade, pois o que se arrecada vem acompanhado do suor, de sofrimento e lágrimas do servidor público ou privado. A cidade é uma forma de divisão social do trabalho onde existe a separação da cidade e do campo, as estratégicas a serem usadas nos dois são de dinâmicas diferentes e muitos paradigmas devem ser quebrados. Devemos ir de encontro ao capitalismo selvagem tentando manter o agricultor no campo, dando-lhes todas as tecnologias para que ele possa plantar colher, se alimentar e esvaziar sua produção para os comercializadores.

É difícil executar estas ações? Não. Falta vontade política e planejamentos orçamentários, além da obediência as Constituições são de suma importância. Outro fator importante é investir no antídoto da violência, a educação com responsabilidade. Enquanto os pais trabalham as crianças devem está nas escolas em tempo integral. Alguns especialistas afirmam com veemência que com o processo de urbanização, a relação social derivada dessa mesma organização vai dar origem ao termo violência urbana. A psicosfera do Brasil hoje é desumana, enquanto muitos ganham pouco e vivem na informalidade, poucos ganham demais para nada fazer. E ainda contamos com uma classe de vampirizadores que sugam os fracos e oprimidos até a última gota de suor e sangue.


Temos Presidente, Vice, Ministros, Senadores, Deputados Estaduais e Federais, Governadores e Vices, Prefeitos e Vices, Vereadores e ainda as secretarias com seus secretários, é um arsenal eleito pelo povo, mas como todo este esquadrão o País não consegue evoluir como deveria, pois existe a figura dos come-come os já conhecidos corruptos e corruptores. O mais hilariante é que a violência também permeia neste ciclo de autoridades governamentais. Ainda contamos com as oligarquias, os doninhos dos Estados e Distritos, Governadores, Senadores, Deputados, Prefeitos que querem ser ou serem donos dos territórios que governam ou governaram. Tem muitas mazelas soltas no ar e não adianta vir com churumelas, pois o povão só tem o direito de votar e nada mais. Vejam que a cada dia que passa o povo fica mais ciente de seus direitos e quando as classes excluídas e dominadas resolverem estrebuchar saia do meio, pois a coisa pode ficar feia e sem controle, pois já são conhecidas como legitimadoras da violência é uma batalha a mais por direitos sagrados da Constituição ou Carta Magna da Nação e sua desobediência é que faz o diferencial, mas para os sugadores não fará nenhuma diferença.

O cientista social Ruben George Oliven, diz: “o assaltante, o trombadinha -, poder-se-ia encarar a violência como estratégia de sobrevivência num contexto onde as desigualdades sociais são gritantes”. Totalmente verídica a posição do cientista social e ainda mais se levando em conta de que “quanto mais se desenvolve a sociedade, menos liberdade os indivíduos têm para viver”, mas estes indivíduos são os excluídos desta sociedade, pois na medida em que cresce ele torna-se mais egoísta e desumana. Faz parte do instinto hominal, pois quando assume função privilegiada não quer mais sair, visto que as benesses são grandes e atraentes. No dia em que o rico se compadecer do pobre e começar a ajudar as organizações sociais o aspecto macabro da violência começará a esmaecer.

Certa vez estávamos a nos reportar sobre a violência no Brasil de um modo especial com amigos, um deles indagou: “vocês sabem quais as causas da violência? Algumas, boa parte, quase nenhuma foram às respostas, ele com sua destreza habitual respondeu com dignidade peculiar: “As causas da violência e da criminalidade são muitas. São vários fatores que se misturam, que se combinam para resultar nas barbáries que vemos todos os dias nas televisões, sites da internet, revistas e jornais. Entre os vários fatores que causam a violência são: Fome, Desigualdade Social, Falta de emprego, Péssima distribuição de renda, Falta de oportunidades; Falta de lazer; Falta de educação, Falta de atividades esportivas, culturais (este é um ponto forte e que deve ser estudado), Péssima cobertura religiosa (Seja por maus exemplos e péssimas doutrinas, como também pela sua ausência e a afeição pelo capitalismo, pois algumas religiões estão mais preocupadas com o vil metal do que com as palavras de Deus), Falta de estrutura e familiar, e falta de planejamento. Todas essas coisas somadas, ou a combinação de algumas delas, são a causa da violência.

“Como diziam os antigos, cabeça vazia é oficina do Diabo”. Essa cabeça do diabo nós não tínhamos conhecimento. Fazendo nossas pesquisas deparamo-nos com algumas afirmações de um companheiro inteligente de nome Helder Moraes e são muito boas suas explicações sobre a violência e a criminalidade. Queríamos encerrar nossa matéria com a devida permissão do amigo, vocês poderão encontrar mais detalhes sobre este assunto tão polêmico no blog: “http://blig.ig.com.br/heldermoraes/2009/04/11/as-causas-da-violencia-e-da-criminalidade/- estavam certíssimos. E quero acrescentar mais itens a esse ditado. Não é somente o vácuo mental que causam as desgraças. O vácuo do estômago e o vácuo do bolso também são responsáveis pelas barbáries que aí acontecem todos os dias.

Pois o vazio do bolso gera vazio no estômago, que por sua vez, perturba a cabeça, que para sobreviver, rouba e mata para ter o que comer. Outros, não cometem crimes para comer, mas sim, porque tem olhos maiores do que a cara, desejos que não podem ser satisfeitos com o trabalho honesto, pois são imediatistas e muito gananciosos, e assim partem para crimes organizados, para ter mais e mais riquezas. Nesse último caso, é um crime motivado pela má formação moral do indivíduo. Pois com certeza não tem ou não pratica nenhuma religião ou filosofia de vida válida que dê moral e respeito pela vida e pelas outras pessoas e a si mesmo! A violência só vai acabar no dia em que as crianças forem educadas corretamente. Mas para isso, é preciso uma família bem estruturada, e bem educada. Para fazer isso se tornar viável, é preciso dar condições para essas famílias se reestruturarem, dar melhores condições de vida a todos, não esquecendo jamais de que estas condições devem ser iguais e dignas.

Mudar as leis é o primeiro passo. Se fizerem um contraponto com nossas afirmações os pensamentos quase que se igualam. Mesmo assim não tenham medo. Nem do futuro, nem do presente. Esse medo, agasalhado, é fantasma na alma a impedir o progresso, a ação construtiva. Uma faíca desse medo é, dentro de nós, como uma sujeira dentro de um relógio. (Lourival Lopes), um parafuso solto numa engrenagem ou uma pedra na estrada. A coragem, a confiança em si, em Deus e na vida, ao contrário, abre os seus caminhos e dão-lhe paz. Enfrente os problemas e enxergue a si mesmo com firmeza, com disposição para vencer na vida. Nada há a temer. A vida sorri para as pessoas corajosas. Será que as autoridades aqui citadas têm estas virtudes, principalmente a coragem, a confiança em si, a honestidade a crença e o respeito a Deus. Zelar pela vida dos mais estropiados não é favor e sim obrigação.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 18:48

Terça-feira, 19.05.09

...

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5337580135395234066" />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 09:56

Terça-feira, 19.05.09

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

Os meios de comunicação têm novos papéis com a nova tecnologia que está à disposição das empresas radialísticas e televisivas. A comunicação digital já começa dar o ar da sua graça e algumas empresas já aderiram à novidade. Além de serem dispendiosas as empresas que ainda não dispõem desta tecnologia que se preparem. Façam planejamentos, procurem se adequar com equipamentos de qualidade e profissionais de bom quilate, pois a técnica exige. Mais cedo ou mais tarde quando do lançamento do rádio digital, ela irá mudar a cartilha da imprensa brasileira. São os novos papéis e os novos desafios para os meios de comunicação. O rádio como instrumento popular dará um salto de qualidade. Dizem que a televisão mudou a feição do rádio, mas devido à paixão que a população de menor poder aquisitivo tem pela radiodifusão, ele vai vencendo obstáculos conquistando medalhas de todas as categorias.

Infelizmente os profissionais que fazem do rádio sua sustentação não dão o real valor que o rádio e os ouvintes são uso e fruto de profissionais sem a educação necessária. Os sindicatos patrocinam cursos rápidos para radialistas, mas já existem faculdades preparando profissionais para o duro papel de radialista, o profissional que faz da transmissão da voz seu instrumento de trabalho. O Ministério do Trabalho exige do radialista a ‘Carteira de Trabalho’ registrada no ministério. Pelos menos aqui no estado do Ceará esta carteira não tem o valor que deveria ter, visto que quase a totalidade das emissoras locais aluga espaços, e os profissionais tiram seus sustentos nas publicidades. E a aposentadoria como fica? Dizem que a globalização modificou a cultura e a revolução tecnológica transformou a cartilha de todos os meios de comunicação de massa. Pode ser até verdadeira a afirmação, mas o que acontece na realidade é que as concessões de funcionamento estão nas mãos de empresários e políticos.

O certo é que os meios de comunicação sempre estiveram inseridos no convívio das populações. As pessoas se reuniam em torno de um livro, de uma mesa de jogos, de bebidas ou de uma tela de cinema para as suas diversões nas horas de folgas. A velha e surrada radiola faziam as velhas tertúlias, serenatas que culminaram com vários noivados e casamentos. O que temos de novo? Qual é o protagonismo que a mídia adquiriu especialmente o de massa? Do protagonismo vem o protagonista, uma palavra que deriva do grego protagonistés que foi o primeiro ator de drama na Grécia. Deuteragonista e tritagonista, teatro, cinema e televisão. A personagem principal de uma peça teatral, de um filme, de um romance, pessoa que desempenha ou ocupa o primeiro lugar num acontecimento. Infelizmente temos poucos profissionais de rádio que conquistaram fama e os que se sobressaíram estão esquecidos dos ouvintes de rádio. Para resgatar esta cultura uma Associação de Ouvintes de Rádio foi criada no estado do Ceará (AOUVIR/CE). E tem radialistas fazendo beicinhos, pois acham que estão sendo censurados, mas a função da associação é melhorar a qualidade dos programas apresentados aos ouvintes, pois no momento a baixaria e a pornografia fazem a psicosfera da radiodifusão cearense. Infelizmente.

Encontramos na revista Chasqui em seu número 54 uma pesquisa citada por Eleazar Díaz Rangel, de junho de 1996, pp. 68-69. Façam um estudo do que diz a pesquisa: “A significativa pesquisa realizada pelo ICP/Research. “Em quem os latino-americanos acreditam?”Com relação ao parlamento, a opinião é péssima, apenas 9% dos guatemaltecos e 11% dos equatoriamos confiam no seu. Os venezuelanos e colombianos lhe concedem um pouco mais de crédito (17%). Quanto aos partidos políticos, os mais benevolentes são os mexicanos e os costarriquenhos (27%). Os peruanos e bolivianos têm porcentagens baixíssimas (13%). O mesmo acontece com juízes, sindicatos, polícia, empresários, presidentes e com o sistema político e econômico em geral.

O vazio é preenchido pelas Igrejas que continuam obtendo uma boa pontuação (61% dos latino-americanos acreditam nelas). E os meios de comunicação: dois em cada três cidadãos de nossos países estão convencidos da veracidade do que é dito pela imprensa, rádio e televisão. O que isso significa? No mínimo três novos papéis para os meios de comunicação social. Vale à pena deter-se em cada um deles antes de empreender o caminho urgente para melhorar nossa produção radiofônica. Temos que fazer o mesmo, pois com o advento do rádio digital a emissora de não tiver a estrutura forte e desejada irá parar no caminho da desilusão e do tão doloroso fechamento. Que isto não aconteça e que a superação venha na hora certa para evitarmos uma falência em gênero, número e grau. Trabalho, responsabilidade, empreendimento, esforço, orçamento com capital de giro. É o mínimo para uma emissora de rádio que se preza.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 09:55

Segunda-feira, 18.05.09

...

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5337231096784860722" />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 11:22

Segunda-feira, 18.05.09

NAZISMO

NAZISMO


A revista “Isto É” de nº. 2.062 / ano 32 – de 20/05/2000, traz uma matéria assaz importante, e que preocupa a tão fragilizada segurança brasileira. “A sociedade dos novos Nazistas brasileiros”. Com exclusividade informa que eles têm ligações internacionais, armas e até um plano de governo para dividir o País. Seríamos inocentes em afirmar que este problema não nos proporciona preocupação. O líder segundo informação da mídia escrita é Ricardo Barollo, 34 anos, administrador. “Conseguimos algumas nuanças que mostram o que foi o que é atualmente, e as inúmeras preocupações que trouxeram para o planeta em que vivemos. “Comunismo, Nazismo, Fascismo, Integralismo e Positivismo são ideologias semelhantes quanto a pedirem um Estado forte, terem uma receita racional ou científica para o desenvolvimento, dependerem ou esperarem por uma guerra ou revolução para domínio mundial, e terem origem em minorias fanáticas extremamente ativas.

“Essas ideologias (pessoalmente e para meu uso, eu defino "ideologia" como uma tese sociopolítica em adequação a um conceito peculiar de natureza humana), na ordem em que estão citadas, decrescem em sua virulência, embora, sob objetos diferentes, as agressividades do comunismo e do nazismo se equivalham”. (Rubem Queiroz Cobra - Doutor em Geologia e bacharel em Filosofia). Todos sabem os efeitos aterrorizantes que o nazismo causou ao mundo durante a segunda guerra mundial. Milhões de inocentes foram brutalmente mortos através da inalação de gás venenoso e nem sabiam. “O crime descortinou uma rede organizada de nazistas no Brasil, como ramificações em vários Estados e conexões com outros países, Barollo e Dayrell eram líderes dos dois maiores movimentos nacionais. Hitler defendia a tese de que o mundo deveria ser somente de raça pura (arianos) e se este maluco tivesse saído vitorioso na segunda guerra mundial, o que seria do mundo hoje? Os dois brasileiros têm o mesmo ideal, pois defendiam que a raça branca estava em extinção e, por isso, a miscigenação deveria ter fim.

É muita prepotência para duas pessoas e seus seguidores. Cuidado Brasil, pois este tipo de organização não tem piedade de ninguém, visto que todos sem exceção devem ter o mesmo perfil do exterminador. Eles chegaram a comemorar os 120 anos de Hitler com discursos e ações regadas à cerveja. Um duplo homicídio foi o estopim de tudo, e revela também à existência de novos adeptos e seguidores de Hitler no Brasil, com armas, conexões e planos políticos. Traçaram até uma nova Babel de nome Neuland que seria um país com a mesma ideologia que Adolf Hitler implantou em 1934 na Alemanha. Vejam a audácia dos perigosos neonazistas; “em primeiro lugar tomariam São Paulo e à Região Sul do País e depois 22 países da Europa e o restante do Brasil iria sofre o pão que o diabo amassou. O livro Hitler enfatiza quais deveriam ser os objetivos práticos do partido e delineia as diretrizes para sua propaganda.

Ele salienta a importância da propaganda adequar-se ao nível intelectual dos indivíduos menos inteligentes da massa que pretende atingir, e que ela é, e deve ser avaliada não pelo seu grau de verdade, mas pelo sucesso em convencer. Os veículos da propaganda seriam os mais diversos, incluindo todos os meios de informação, eventos culturais, grupos uniformizados, insígnia do partido, tudo que pudesse criar uma áurea de poder. Hitler escolheu a cruz suástica como emblema do nazismo; acreditam alguns de seus biógrafos que devido ao fato de ter visto esse símbolo talhado nos quatro cantos da abadia dos beneditinos em Lambach-am-Traum, na Áustria superior, onde ele havia estudado quando criança. Na Argentina existe uma organização com três mil membros, de onde vieram às armas do crime para o Brasil. Um paranaense, um gaúcho e um paulista são os líderes do grupo segundo informações policiais.

E aqui ficamos a meditar: como existe discriminação neste País. Dayrell criou um meio de propagar as idéias do grupo, ele criou um pequeno jornal para divulgação das atividades do grupo, o Martelo é o nome da desgraça. Estavam recrutando membros para a organização, com avaliação feita através de computadores, por documentos enviados por e-mail com senha de acesso para maior segurança. Os candidatos teriam que responder 30 perguntas dissertativas. “Os fins justificam os meios”. “Quem era Adolf Hitler?” Quem governava a Europa na década de 1940? Reportar fatos históricos era reprovação certa. Dayrell foi assassinado por três membros do grupo, outro membro do grupo Gustavo Wendler, 21 anos acredita que a organização vai se fortalecer e que seus amigos negros, estrangeiros, homossexuais e judeus não poderão invadir o espaço, confirma outro membro Rodrigo Mota de 19 anos. A revista faz um relato da herança do carrasco Hitler: “1914: começa a primeira Guerra Mundial. Ele luta na França e na Bélgica e é condecorado por bravura”.

Pode Freud? 1919 o operário Anton Drexler e o jornalista Karl Herrer fundam o Partido Nazista na Alemanha. Hitler entra para o grupo no ano seguinte. Em 1923 ele tenta tomar o poder num golpe de estado, mas é preso. Em 1925, escreve o livro “Minha luta”, que traz seu projeto para uma nova Alemanha, anuncia seu ódio pelos judeus e comunistas. Em 1931 seu partido abre no Brasil uma representação em São Paulo, estuda a ameaça comunista e o apoio a Hitler. Em 1932 o partido no Brasil é reconhecido pelo governo alemão, Plínio Salgado lança as bases da Ação integralista Brasileira (AIB), partido de ultradireita e em 1935 reúne 800 mil adeptos, já em 1935 acontece um encontro Hitlerista na Alemanha que atrai 102 brasileiros com ascendência alemã. Em 1936/37 militares brasileiros vão à Alemanha para receber treinamento da Gestapo, a polícia dos nazistas chefiada por Heinrich Himmler em troca, Getúlio Vargas entrega comunistas e judeus. Getúlio cria o Estado Novo e um geógrafo nazista mapeia a região do Jarí, no Amapá e avalia a possibilidade de instalar uma colônia tropical nazista na região amazônica.

Estas são as cenas dos horrores que aconteceram no passado. A matéria muito bem feita pelos jornalistas Suzane G. Frutuoso, de Curitiba e João Lopes. Um espírito de disciplina militar traduzido em um automatismo de obediência assinalado pelo característico bater dos calcanhares impedia, entre militares e civis, a reação às ordens mais absurdas recebidas de qualquer superior hierárquico, o que permitiu à repressão atingir um grau de brutalidade metódico e eficiente nunca visto.

Foi decretada a eliminação não apenas dos judeus, mas de todos que não se conformavam aos padrões de cidadania estabelecidos na doutrina, quer por inconformismo político, quer por defeito eugênico ou falhas morais. Gabriel Marcel, em "Os homens contra o homem", ressalta a elaborada técnica utilizada para voltar contra si mesmos os judeus, levando-os a aviltar-se e a se odiarem, instigando entre eles disputas por alimento, em que perdiam sua dignidade. Isso tudo na Alemanha de Hitler. A hora é de meditação, visto que a situação de nosso País é bastante complicada, muitas nuanças negativas acontecem todos os dias, o dia todo, onde a maioria das autoridades luta em benefício próprio e a população sofrendo as conseqüências do descaso político posto em prática nos dias atuais. O poder de locupletação é grande em consequência a corrupção aumenta na mesma proporção que a pobreza, a miséria, o desemprego, o tráfico e o uso de drogas, aniquilam boa parte dos brasileiros. Cuidado Brasil! Pensem Nisso!


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 11:21

Sábado, 16.05.09

...

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5336571005587646018" />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 16:40

Sábado, 16.05.09

PETROBRAS E A CRISE ECONÔMICA

PETROBRAS E A CRISE ECONÔMICA

Queríamos saber se esta onda de irregularidades que ora graça no Brasil, não terá um final feliz. Oposição cria no Senado CPI (Comissão Parlamentar de inquérito) para investigar a Petrobrás. Ao ficar ciente da ação da oposição o presidente Lula irritado afirmou que a comissão aberta no Senado será a “CPI do PSDB”. Ouvimos e anotamos este desabafo: “Será que os incompetentes conseguiram abalar a saúde financeira da menina dos olhos do povo brasileiro? Sim porque são muito estranhos os dois empréstimos feitos pela Petrobras no BB e na CEF. Mais estranho é que a CEF não atende a empresas do porte da Petrobras. Nem uma divisão específica para isto tem. E o mais estranho de tudo: os empréstimos foram para capital de giro. O que nos deixa com a pulga atrás da orelha é que casos novos estão surgindo e envolvendo cardumes das grandes estatais. Senadores de oposição ao governo Lula conseguiram cinco assinaturas a mais do que o mínimo necessário para instalar a CPI, que pretende investigar negócios da estatal. Ainda assim, o governo buscava, ainda ontem, barrar a comissão. Barrar por quê? Deixem a CPI rolar para que tenhamos conhecimentos de novos ou velhos corruptos que atuam ainda no governo Lula.


O Tribunal de Contas da União (TCU) também está de olho na Petrobrás e fará uma investigação, para fazer uma varredura no sistema contábil da empresa. “A Petrobras recorreu antes ao BB, em outubro, e pegou R$ 750,99 milhões, a um custo de 6,3% ao ano, o que correspondeu a 21% de todos os recursos do BB destinados aos exportadores no mês referente ao empréstimo”. Já a Caixa Econômica Federal (CEF) deveria financiar habitação, saneamento, agricultura, pequenas e médias empresas, o valor tomado foi de R$ 2 bilhões. O montante tomado pela Petrobras corresponde a 44% dos R$ 4,5 bilhões em créditos para empresas concedidos pelo banco estatal em outubro. Para efeito de comparação, neste ano de 2008, a Caixa destinou ao programa de financiamento da habitação popular R$ 1,5 bilhão. O procurador Marinus Marsico quer analisar a operação contábil que a Petrobrás realizou no final de 2007. “A estatal divulgou nota no seu site e deixou tudo mais estranho ao informar que:” Em outubro, a Companhia teve maiores gastos com impostos e taxas, com o recolhimento de mais de R$ 11,4 bilhões no mês e parte do tão Já discutido pagamento refere-se ao Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro, devido ao maior Lucro Líquido apurado no terceiro trimestre de 2008.


“E participações especiais calculadas com base no valor de pico do preço do petróleo”. Empréstimo para pagamento de impostos? Devia ir era para o SEBRAE aprender a provisionar dinheiro para pagamento de impostos. A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado decidiu realizar uma sessão para ouvir explicações de autoridades sobre a situação financeira da Petrobras. Serão chamados a depor na CPI as seguintes pessoas: José Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras; Maria Fernanda Coelho, presidente da Caixa Econômica Federal; Antônio Francisco de Lima Neto, presidente do Banco do Brasil; Henrique Meirelles, presidente do Banco Central. O objetivo é obter explicações sobre empréstimos de capital de giro que a Petrobras contraiu junto a bancos federais. Dia 27/11/08, o Senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) leu na tribuna do Senado o Balanço da empresa: “Em outubro, o passivo circulante líquido da Petrobras chegou a R$ 92,9 bilhões. São dívidas de curtíssimo prazo.” “O ativo circulante líquido, caixa e créditos de curto prazo, somou R$ 57 bilhões. Ou seja, tem um buraco de curto prazo de R$ 36 bilhões”. Isso significa que há um sério problema de liquidez. “Por isso fizeram os empréstimos na Caixa e no Banco do Brasil, que não são corriqueiros”.


A Folha de São Paulo deu destaque aos acontecimentos recentes na Petrobrás e de lá extraímos alguns detalhes importantes, mas na realidade toda a mídia brasileira está com a agenda superlotada com fatos negativos envolvendo a Petrobrás. O presidente Lula disse que uma CPI agora seria uma atitude antipatriota e disse haver outros meios para investigar irregularidades e foi mais além: “assim não dá para ganhar eleição”. A ministra querendo amenizar a situação - visto ser pretensa candidata a presidência da república, afirmou e negou a crise: Ministra afirma que empréstimo de R$ 2 bi tomado na CEF se deve a "problema imediato de caixa'. Dilma classifica de "ridículas" declarações que levantaram dúvidas sobre saúde financeira da empresa; Lobão vê "dificuldade momentânea". Na realidade a Constituição Brasileira está sendo um verdadeiro cartão, pois todos mexem e ninguém obedece. Juristas defendem democracia cidadã e mais participação popular. O grande jurista cearense Paulo Bonavides afirmou em palestra que o País está à beira de “colapso institucional”.



Todo mundo vê problemas na estatal, mas o único que vê e não quer aceitar as irregularidades é o presidente Lula. Segundo afirmação do senador pelo estado do Ceará, Tasso Jereissati a estatal chegou a atrasar o pagamento dos servidores e a extração tão propalada do pré-sal foi suspensa. Equilíbrio da Constituição garante estabilidade. Convidado para abrir o terceiro Congresso Latino-Americano de Estudos Constitucionais, o jurista cearense Paulo Bonavides fará uma análise sobre o aspecto ideológico da Constituição Federal. Afirma o jurista que uma crise pode explodir a qualquer momento. O mais hilariante nesta cena dantesca é que o dólar vem em constante queda, mas os preços dos derivados do petróleo só aumentam e ainda temos o direito de consumir uma gasolina de péssima qualidade. Gasolina não, e sim alcolina.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 16:39

Quinta-feira, 14.05.09

...

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5335714556902455522" />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 09:17

Quinta-feira, 14.05.09

FORÇA ESTRANHA OU FÉ

FORÇA ESTRANHA OU FÉ

Na vida hominal muitos casos especiais já aconteceram, uns estudados outros não. Os que ainda não foram estudados, mas os que chamam a atenção merecem ser. A “freak of the week” desta semana é Jodi, uma adolescente que não suporta mais as brincadeiras de mau gosto que fazem com ela por estar acima do peso. Ela decide experimentar, mesmo que sem saber, a “dieta do meteorito”: os produtos que ela usa em seu shake foram contaminados por pedras de meteoro que estão espalhadas na estufa de sua casa. O resultado é ótimo: mais de 10 kg em poucos minutos. Mas, como na vida real, isso tem um preço: ela passa a ser uma devoradora de gordura – especialmente gordura animal. Por isso, ela devora um veado que havia atropelado e suga toda a gordura de um colegial engraçadinho que queria, com o perdão do trocadilho, tirar uma lasquinha dela. Esquisito esta história! Na realidade estas nuanças são inserções de um filme anotamos e resolvemos ilustrar a nossa matéria. Lex está passando por seu check-up médico.

Ele descobre que sua contagem de glóbulos brancos é altíssima. Como a última vez em que ele se viu doente foi antes da chuva de meteoros, ele começa a se perguntar se ele também pode ter sido afetado. Por isso, vai até o “Torch”, jornal dirigido por Chloe, onde ele finalmente conhece nossa repórter abelhuda e seu “Wall of Weird” (ou “Parede das Esquisitices). Lá estão registrados os casos mais estranhos acontecidos em Smallville desde a chuva de meteoros. Chloe sugere que Lex procure o Dr. Hamilton, famoso mineralogista que se especializou nos meteoritos de Smallville. Dr. Hamilton é interpretado por Joe Morton, famoso por suas participações em dezenas de seriados e filmes, como “O Exterminador do Futuro 2”. Neste episódio, ele interpreta um personagem um tanto esquisito e recluso, mas que acaba caindo na tentação de trabalhar para Lex, pesquisando sobre os meteoros.

A festa de aniversário de Lana está sendo preparada na mansão de Lex. Como Whitney tem um teste de futebol, mais uma vez Clark aproveita-se da ausência do namorado oficial para ocupar sua posição, acompanhando Lana. E, mais uma vez, não comparece, porque está muito ocupando salvando Pete de ser devorado por Jodi. No final, ele consegue ainda ganhar alguns pontos com Lana, dando a ela um presente bastante original: uma noite num drive-in improvisado, onde ambos assistem a um desenho do Pernalonga, relembrando uma noite parecida que Lana teve com seus pais. Bastante tocante. Ponto para o Clark! Não foi dos melhores episódios, mas serviu como apresentação para o Dr. Hamilton, que terá um papel importante nesta primeira temporada. Por acaso nas nossas pesquisas na Rede Mundial de Computadores encontramos um site muito interessante em que anotamos estes acontecimentos. Interessou-nos bastante e fomos até o fim da história.
“Lex está passando por seu check-up médico. Ele descobre que sua contagem de glóbulos brancos é altíssima. Como a última vez em que ele se viu doente foi antes da chuva de meteoros, ele começa a se perguntar se ele também pode ter sido afetado. Por isso, vai até o “Torch”, jornal dirigido por Chloe, onde ele finalmente conhece nossa repórter abelhuda e seu “Wall of Weird” (ou “Parede das Esquisitices). Lá estão registrados os casos mais estranhos acontecidos em Smallville desde a chuva de meteoros. Chloe sugere que Lex procure o Dr. Hamilton, famoso mineralogista que se especializou nos meteoritos de Smallville. Dr. Hamilton é interpretado por Joe Morton, famoso por suas participações em dezenas de seriados e filmes, como “O Exterminador do Futuro 2”.

Neste episódio, ele interpreta um personagem um tanto esquisito e recluso, mas que acaba caindo na tentação de trabalhar para Lex, pesquisando sobre os meteoros. A festa de aniversário de Lana está sendo preparada na mansão de Lex. Como Whitney tem um teste de futebol, mais uma vez Clark aproveita-se da ausência do namorado oficial para ocupar sua posição, acompanhando Lana. E, mais uma vez, não comparece, porque está muito ocupando salvando Pete de ser devorado por Jodi. No final, ele consegue ainda ganhar alguns pontos com Lana, dando a ela um presente bastante original: uma noite num drive-in improvisado, onde ambos assistem a um desenho do Pernalonga, relembrando uma noite parecida que Lana teve com seus pais. Bastante tocante. Ponto para o Clark! Não foi dos melhores episódios, mas serviu como apresentação para o Dr. Hamilton, que terá um papel importante nesta primeira temporada.

Esta sinopse é o espelho do filme que nos interessou bastante e aqui está a fonte para que os interessados possam aquilatar melhor o desenrolar do filme. http://www.tdseries.com.br/2009/01/smallville-episdio-0107-craving.html/ é este o endereço eletrônico de onde retiramos esta sinopse. Queríamos também colocar a disposição dos curiosos uma seita fundamentalista que se estabeleceu na região Sul dos Estados Unidos da América do Norte (EUA). É notório que muitos fatos que nos chamaram atenção através dos tempos aconteceram em território americano. Esta seita da qual estamos a falar é a Free Pentacostal Holiness Church (Pentacostal Santidade Igreja grátis) o contrário da Universal onde você paga tudo. Nesta seita os membros acreditam piamente e ao pé da letra no conteúdo bíblico. Os pentacostais americanos afirmam que os crentes possuem o poder de desafiar veneno de todo tipo, fogo e serpentes.

Na religião os cultos são agitados e um verdadeiro frenesi toma conta do templo. Só achamos estranhos que eles seguem a Bíblia ao pé da letra, mas Jesus jamais aceitou tais ações ritualísticas. Os participantes dos cultos seguram cascavéis, ingerem veneno, passam fogo no corpo pisam e seguram brasa sem se queimarem. É estranho. O fogo não causa queimaduras nem desconforto, mas quem foi testar a veracidade queimou as mãos. A seita foi estudada por um médico psiquiatra de nome Berthold Schwarz em Nova Jersey pelos idos de 1959. Os paroquianos seguravam lampiões pelas mãos e pelos pés e não se queimavam. Estranho. O médico depois do estudo afirmou que os participantes dos cultos entram numa espécie de transe, no entanto a dúvida persiste e a ciência foi incapaz de desvendar o mistério. Se quiserem mais detalhes sobre a seita procurem ler o livro de Charles Berlitz (O Livro dos fenômenos estranhos). É muito bom e aconselho para quem gosta de fenômenos, mas não tem nada a ver com o Ronaldo do Corinthians.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 09:16



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31