Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 17.01.11

O MUNDO VAMPIRIZADO


O MUNDO VAMPIRIZADO           

A ação humana tem tornado o orbe em que nascemos e vivemos em verdadeiro mundo vampirizado. Vampirismo na concepção escorreita da palavra corresponde à ação pelas quais Espíritos involuídos, arraigados às paixões inferiores, se imantam a organização psicofísica dos encarnados (e desencarnados), sugando-lhes a substância vital. Constitui inquietante fenômeno de parasitose mental. No Vampirismo, devemos considerar igualmente os fatores externos e internos, compreendendo, porém, que, na esfera da alma, os primeiros dependem dos segundos, porquanto não há influenciação exterior deprimente para a criatura, quando a própria criatura não se deprime. Toda forma de vampirismo está vinculada à mente deficitária, ociosa ou inerte, que se rende, desajustada, às sugestões inferiores que a exploram sem defensiva. O vampiro é toda entidade ociosa que se vale, indebitamente, das possibilidades alheias e em se tratando de vampiros que visitam os encarnados, é necessário reconhecer que eles atendem aos sinistros propósitos a qualquer hora, desde que encontrem guarida no estojo de carne dos homens.

O vampirismo a qual nos referimos está ligado também ao parasitismo espiritual, a parasitose espiritual e a parasitose obsessiva. Ao estudarmos a ação do vampirismo sobre o ser humano devemos nos ater também a ectoparasita Realmente encontramos muitos desencarnados que agem como ectoparasitas, ou seja, “absorvendo as emanações vitais dos encarnados que com eles se harmonizam, aqui e ali”, como são os que se aproximam eventualmente dos fumantes, dos alcoólatras e de todos aqueles que se entregam aos vícios e desregramentos de qualquer espécie. Aqui não existe nenhum fato ilusório ou apelativo, pois citados fenômenos foram estudados e comprovados por grandes cientistas de todas as partes do globo terrestre. É o fato de afirmamos: se existe ser humano voltado para o mal, existirá também Espírito mal e vive-versa, quando nos referimos aos homens de bem. O grande Herculano Pires afirma que: ”Não fazemos uma acusação, registramos um fato”. A prova cientifica da existência da telepatia, da clarividência, da precognição, da sobrevivência da mente após a morte corporal (Rhine, Carington, Soal, Price, nas Universidades de Duke, Cambridge, Oxford, Londres, Berlin, Kirov e outras) não deixam dúvidas quanto à realidade da ação de entidades psicofísicas sobre as criaturas humanas. Rhine provou que a mente não é física, mas de constituição extrafísica. Carington reforçou essa prova e formulou a teoria de entidades psicônicas, formadas de psicons (átomos mentais). Soal designou com a sigla SHI a personalidade humana sobrevivente.

Vasilev, na Rússia entregou-se a experiências para demonstrar que o pensamento e a mente são materiais, mas acabou confessando a sua derrota. Louise Rhine aplicou-se a pesquisas de campo (fora dos métodos de laboratório) e comprovou o que o marido provara em laboratório. Muitos e muitos cientistas no mundo estudam com responsabilidade os fenômenos da espiritualidade e podemos acrescentar a esses nomes os dos cientistas: William Crookes, Yan Stevenson, Alexander Asakof, entre muitos outros. O cientista inglês William Crookes, consegui medir o pulso de um Espírito materializado de nome Kate King, Yan Stevenson dedicou mais de trinta anos de sua vida ao estudo da reencarnação, tendo comprovado cientificamente aproximadamente 3.000 casos de reencarnação. Já o cientista russo Alexandre Asakof comprou a existência de um corpo atrelado ao nosso corpo material e nominou de corpo bioplasmático, que Allan Kardec chamaria de Perispirito.

A explosão psíquica no mundo prosseguiu no seu desenvolvimento, e graças ao alheiamento ou desconhecimento dos psicoterapeutas de formação universitária, que se alimentaram em seus cursos com o leite das Ciências, surgiram por toda parte os charlatões exploradores da credulidade pública e do desespero do século, com suas clinicas pseudoparapsicológicas, devastando a economia dos ingênuos. Os fenômenos paranormais revelam a natureza extrafisica do homem, o que vale dizer a sua essência espiritual.  O que seria do hominal se não existisse em sua composição a essência espiritual? Com certeza nada. O conhecimento é inerente ao homem, pois uma criação divina não poderia ter suas nuanças espirituais desconhecidas e passadas despercebidas. A inteligência um dos dons divinos dados por Deus ao homem levou-o ao estudo personalizado de como foi gerado e por que teria que passar por uma transição que muitos nomeiam de morte. Como se processou sua evolução através dos tempos e a preocupação com um ser superior que comanda toda a vida no orbe terrestre, o nascer, o viver e o morrer já não são mais tabus para a maioria dos cientistas, apenas os materialistas e ateus teimam em rejeitar a existência divina, mesmo tendo o Pai Maior enviado seu próprio filho ao nosso mundo.

O corpo bio-plasmático ou Perispirito do homem ou de qualquer ser vivo não é mais do que o corpo espiritual da tradição cristã, que o grande Apóstolo Paulo chamou na I Epístola aos Coríntios, de corpo da ressurreição. Outro fato marcante e que não pode passar despercebido está na Bíblia quando Jesus na companhia de Pedro, João e Thiago no Monte Tabor assistem a transfiguração de Jesus e quando o Mestre conversa com os espíritos materializados de Moisés e Elias. Quando Deus veio a terra, na pessoa de Jesus, adotou uma forma humana. Fisicamente, Jesus se parecia como qualquer outro homem. Ele teve fome, sede, cansaço, etc. Sua divindade foi vista apenas indiretamente, em suas ações e suas palavras. Mas, numa ocasião, a glória divina interior de Jesus resplandeceu e se tornou visível. A história é contada em Mateus 17:1-8: Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro e aos irmãos Tiago e João e os levou, em particular, a um alto monte.

E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele. Então disse Pedro a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três tendas; uma será tua, outra para Moisés, outra para Elias. Falava ele ainda, quando uma nuvem luminosa os envolveu; e eis, vindo da nuvem, uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi. Ouvindo-a os discípulos, caíram de bruços, tomados de grande medo. Aproximando-se deles, tocou- lhes Jesus, dizendo: Erguei-vos e não temais! Então, eles, levantando os olhos, a ninguém viram, senão Jesus. Contra fatos não há argumentos. A vida espiritual é uma realidade e a tão temida morte não existe, ela é apenas a passagem da vida material para a espiritual. Quando a matéria está velha, cansada, maltratada e que não serve mais para o Espírito ele abandonará com certeza.

A matéria é perecível, mas o Espírito não. As intempéries que sofre a humanidade nos dias atuais tem a influência dos Espíritos, por serem eles seres inteligentes que habitam o Universo. Como a materialidade está dominando o mundo em detrimento da espiritualidade nosso querido Deus deixou leis infalíveis e aplicáveis aos que desnorteiam suas emanações, a de Causa e Efeito e a de Ação e Reação. Jesus veio pregar o amor, a fraternidade, a caridade e o perdão, bem como o amor ao próximo, mas o homem pela sua ignorância espiritual só pende para o mal. Mata por prazer diferente dos animais que matam para sobreviver. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA CI- DA ALOMERCE- DA AOUVIRCE- DA UBT- DA AVSPE


Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 18:21



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031