Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PAIVAJORNALISTA

Esse blog tem uma finalidade muito importante, isto é, levar aos conhecimentos dos leitores e amigos os mais diversos assuntos relacionados com o nosso dia a dia. Crônicas, Artigos, Poemas, Poesias, Atualidades, Política entre outros.



Segunda-feira, 26.03.12

ASPECTOS IMPORTANTES SOBRE SEXUALIDADE

ASPECTOS IMPORTANTES SOBRE SEXUALIDADE

“Do escuro menosprezo da Terra, fez Jesus o caminho radiante para os Céus. Se é justo esperar pelo amor que verte sublime do Céu em teu benefício, é preciso derramar esse mesmo amor nas furnas da terra a que consciências fragmentárias se acolhem, contando contigo para que se eduquem e aperfeiçoem.” (Emmanuel).

Sempre será um tabu falar sobre sexo, principalmente quando a curiosidade parte de uma criança. Os pais sentem uma dificuldade tremenda para responder as indagações dos filhos. Quando os pais com receio protelam a resposta a ser dada aos filhos, ele vai aprender na rua com pessoas que poderão ser de péssima índole. Aqui vamos enunciar algumas nuanças sobre sexualidade. A palavra clitóris deriva do verbo grego kleitorizein, que tem a sinonímia “titilar”, “fazer cócegas”. Tem esse significado baseado na sensação que a mulher sente quando da titilação desse órgão. Titular significa o ato ou efeito de titilar, impressão causada por cócegas leves. Para que sabe a titilação tem sido comparado a um “timbre elétrico”, que se encarrega de levar a emoção ao sistema nervoso da mulher.

Dizer os pesquisadores e historiadores que um conselho conhecido por muitas pessoas, dado por um médico holandês da Imperadora Maria Teresa presenteou ao imperador Francisco, por inúmeras queixas de que sua esposa era muito fria em termos sexuais. Eis o conselho: “Vossa Majestade deve excitar sua Majestade a rainha com as pontas dos dedos.” Esse ato se transforma em um dos maiores prazeres sexuais do sexo feminino. Seguindo o conselho obteve grande êxito e em consequência Maria Teresa brindou seu marido com uma prole de 12 filhos, foi uma prova à justeza do conselho. Falando sobre órgãos sexuais masculinos vamos explicar nuanças sobre testículos. A palavra vem de testes, ou “testemunhos”. Visto que eles assistem passivamente um ato sexual. Dizemos assim, mas os testículos tem fundamental importância numa relação sexual. Segundo a história, principalmente na Roma Antiga, esse costume determinava que o ser humano masculino fosse possível votar ou ser testemunha se provasse a sua virilidade.

A prova era mostrar os testículos e ficavam como testemunho ou prova da virilidade. Falamos de dois órgãos responsáveis pela sexualidade humana, o clitóris e os testículos, no entanto queríamos também dar conotação ao priapismo. A palavra ora epigrafada deriva de Príapo, deus dos campos e dos jardins e tido como deus da libertinagem. Sua história é contada da seguinte forma. Era filho de Vênus e Afrodite, e teria corrompido todas as mulheres de Lampsaco – 360-270. A.C. Cientista e filósofo peripatético grego nascido em Lâmpsaco, às margens do Dardanelos. Misia, Ásia Menor, hoje Turquia, substituto de Teofrasto no Liceu de Aristóteles (287-270 A.C), sucedido por Crátetes (270-265 A.C) e por Arcesilau (265-240 A.C), um dos maiores físicos da antiguidade e representante da primeira fase do peripatetismo, junto com os escolarcas. O assunto é muito importante e longo e precisaríamos de muito tempo e espaço para explicar esse tema.

Depois do Priapismo podemos falar um pouco sobre o sadismo. Sadismo é a perversão sexual na qual a excitação e a satisfação genitais dependem do sofrimento de qualquer pessoa do mesmo sexo ou do oposto. No sádico não acontece o prazer senão quando o individuo maltrata a companheira, espancando-a ou ferindo-a, tal como fazem os “picadores de mulheres”, que crivam suas vítimas de alfinetaços. Os assuntos aqui enunciados fazem parte da etimologia sexual. Os sádicos chegam a ser assassinados por prazer, sendo suas vítimas frequentes meninos e as mulheres. Sádico é relativo ao sadismo ou próprio dele; sadista é aquele que sente prazer ao ver o sofrimento de outrem; sadista, mau, tirano, cruel.

Jack, o estripador, ele abria o ventre de suas vítimas e arrancava-lhe os órgãos genitais. O Marechal de França Gilles de Rays, desse personagem contam coisas horríveis. No período de oito anos, assassinou mais de 80 meninos, depois da torturação e da saciação de seus instintos bestiais, como suas vítimas fossem objetos de prazer. Tem ligação com o Marquês de Sade de onde surgia essa aberração sexual. Não chegava às atrocidades do marechal, mas nem por isso menos lamentável. O termo deriva dele e sua prisão aconteceram no ano de 1829. Você sabe o que significa masoquismo? Não. Masoquismo é o contrário de sadismo, visto que o indivíduo experimenta excitação sexual desde que ele sofra. Ele domina a moral e as violências físicas sobre outras pessoas. Muitos são conhecidos como “amadores de alfinetes, que se faziam ferir por uma mulher, que lhe enterra agulhas, alfinetes nas nádegas ou nos testículos”. É preciso ser açoitado, flagelado, pisado para experimentar o gozo venéreo. Esses procedimentos devem ser produzidos pela própria pessoa amada.

O novelista húngaro Sacher Masoch, escreveu o livro “A Vênus das Peles”, bem como, outros romances mostrando a utilidade de um brinquedo sexual e favorito das mulheres, o chicote. Afirma os estudiosos que Rousseau era um masoquista típico e escreveu suas peculiaridades eróticas no primeiro volume de seu livro “Confissões”. Sacher- Masoch derivou o termo masoquismo, aos pés da Baronesa Pistor (da sexologia, de M. Hirschfeld). São muitos aspectos que encontramos na vida sexual dos seres humanos que poderemos enunciar como “aberrações sexuais”. O Safismo nada mais é do que a inclinação amorosa da mulher por outra mulher e denota ou recorda o voto feito por Safo, a amante de Fáon, na ilha de Lesbos, daí vem o nome lesbianismo, de sacrificar-se a Vênus sem concurso do ser masculino.   

O hermafroditismo foi durante muito tempo uma crença de que no ser humano havia seres dotados de órgãos sexuais masculinos e femininos que funcionavam até o ponto de realizar a fecundação. Segundo nos conta a história, e segundo a Mitologia Grega, dos amores de Hermes ou Mercúrio e de Afrodite ou Vênus nasceu um belo rapaz, que foi chamado de Hermafrodita. Catarina Hohmann, que ejaculava esperma e tinha período menstrual. O caso em alusão foi anunciado por Brossar e Comil de um indivíduo de um individuo que possuía útero, testículos e ovários. De um modo geral não existem verdadeiros hermafroditas, o que acontece é que existem mulheres com vulva e clitóris muito evoluídos imitando os órgãos sexuais masculinos, dotadas de um anel inguinal para se localizarem no escroto, por sua vez, bipartiu-se, formando um leito à imitação de vagina. O assunto é muito palpitante como os leitores podem notar, no entanto não vamos nos prolongar, mas tocaremos no assunto em outras oportunidades.

Vamos falar de condom, erotismo, doenças venéreas, orgasmo, Sodomia, mitologia, histeria, eunuco, fornicação e Afrodite. Como falei antes e em outras oportunidades que o trabalho em apreço é fruto de pesquisa, pois na qualidade de jornalista podemos fazer esse tipo de trabalho, bem como qualquer escritor. Maiores detalhes vocês encontrarão em qual enciclopédia sexual, pois em citadas os senhores poderão estudar e aprender mais amiúde e ler várias vezes e se tornar um conhecedor eficaz no assunto. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA ALOMERCE- DA AOUVIRCE- DA AVSPE- DA UBT





Autoria e outros dados (tags, etc)

por paivajornalista@blogs.sapo.pt às 13:03



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031